Copel Telecom compra a empresa de tecnologia e serviços Nova Fibra

Com a nova aquisição, a empresa de telecomunicações passa a ter o valor de mercado de R$ 6 bilhões e possuir aproximadamente 400 mil clientes.

Em mais um passo visando o seu plano de expansão, a Copel Telecom adquiriu a empresa de tecnologia e serviços Nova Fibra, marcando assim a entrada da companhia nos estados de São Paulo e Mato Grosso. Essa é a terceira aquisição do conglomerado formado pela Copel Telecom, Sercomtel e Horizons, alcançando assim o número de R$ 6 bilhões de valor de mercado e cerca de 400 mil clientes.

A Nova Fibra finalizou o ano de 2021 com aproximadamente 90 mil usuários de varejo, 3,5 mil clientes corporativos, 350 colaboradores e dez empreiteiras homologadas, conforme afirma a Copel Telecom.

A companhia também atua no setor de Data Center, oferecendo serviços de laaS, FwaS, BaaS e armazenamento em nuvem. Além disso, Nova Fibra possui entre seus clientes bancos, multinacionais e grandes players de referência do Paraná e do Brasil.

O investidor Nelson Tanure, do Fundo Bordeaux, proprietário da empresa, afirma que a companhia quer levar conectividade, inovação e soluções para o mercado.

“Nossa empresa nasceu telecom, mas o objetivo, perseguido desde o primeiro lance, é avançar como uma companhia de tecnologia, que leve conectividade, inovação e soluções disruptivas aos mais diversos setores, do agronegócio à medicina. É nesse contexto que agregamos ao projeto a Nova Fibra, com toda sua estrutura diversificada de serviços”.

LEIA TAMBÉM:

–> Copel Telecom é a nova patrocinadora do Coritiba F.C.

–> Projeto de Lei que autoriza instalação de antenas 5G em Belo Horizonte é aprovado

–> 5G no Brasil: saiba quanto poderá custar o plano mais barato

Tecnologia 5G

No leilão 5G realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em novembro de 2021, a Copel arrematou lotes de espectro para oferecer serviço de telefonia celular nos estados do Paraná, São Paulo e Amazonas. Dessa forma, passou a atender aproximadamente 50% da população nacional.

Segundo a empresa, R$ 1 bilhão é o valor mínimo planejado para ser investido na implementação da quinta geração de conectividade móvel, sendo que R$ 400 milhões são para São Paulo, R$ 300 milhões para o Paraná e mais R$ 300 milhões para os estados da região Norte.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore. E-mail para contato: [email protected]
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x