InícioEconomia e NegóciosPopcorn Time, streaming pirata mais conhecido da internet, é encerrado

Popcorn Time, streaming pirata mais conhecido da internet, é encerrado

Sucesso em 2015, a plataforma enfrentou diversos processos e ações legais, mas o motivo para o encerramento das suas atividades foi outro.

Nesta quinta-feira (6), um dos streamings piratas mais conhecidos da internet, Popcorn Time, encerrou suas atividades. Embora os criadores já tenham abandonado o serviço em 2014, assim como já haviam passado por suspensões temporárias, agora a plataforma foi oficialmente e definitivamente desligada devido a pouca procura.

Bilhete de despedida postado pela Popcorn Time.

O encerramento do Popcorn Time foi provocado pela pouca audiência que tem apresentado nos últimos meses, segundo os gestores que divulgaram uma tabela relevando a queda de acessos à plataforma, não sendo mais possível o funcionamento da mesma.

De acordo com o Google Trends, as pesquisas pelo Popcorn Time apresentam baixas desde 2016, longe do pico de procura que teve em 2015, período em que o site teve sua popularidade em alta.

Nesse ano de 2015, um desenvolvedor associado ao site afirmou ao Bloomberg que o serviço oferecido não era responsável pela pirataria, já que não hospedava material roubado. O que eles faziam era oferecer um link para computadores em todo o mundo que hospedavam o conteúdo por meio do sistema de compartilhamento de arquivos BitTorrent.

“O mundo do torrent estava aqui com milhões de usuários muito antes de nós e estará aqui com BILHÕES de usuários muito depois de nós”, disse o desenvolvedor na época.


LEIA TAMBÉM:

–> Séries da Disney+ lideram o ranking de pirataria em 2021

–> Apple TV+ sofre com a pirataria de seus conteúdos

–> Anatel detecta malware em TV Box pirata que coleta dados de usuários

Embora tenha enfrentado muitos processos e ações legais no passado, parece que não houve influência de nenhum departamento jurídico no encerramento do site. Quando os fundadores começaram a ter que lidar com processos judiciais, a plataforma ficou com seu serviço sendo comandado por terceiros, uma vez que era de código aberto, cujos trabalhadores não foram identificados.

Segundo o site Bloomberg, os fundadores do Popcorn Time enviaram um e-mail aos repórteres declarando o fim da plataforma.

Atualmente, a pirataria ainda é um problema para os estúdios de produção audiovisual, especialmente no período pandêmico, onde os filmes foram direto para as plataformas digitais em vez das telas dos cinemas. Dessa forma, embora tenha um a menos no segmento, a solução desse problema ainda está longe de acabar.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários