InícioEconomia e NegóciosBlockbuster pode ter sua própria plataforma de streaming

Blockbuster pode ter sua própria plataforma de streaming

Rede de videolocadoras foi bastante conhecida nos anos 90, mas uma Organização Autônoma Descentralizada pretende reviver a marca; entenda.

Antes da chegada da Netflix, a forma que as pessoas costumavam consumir filmes e séries eram através da TV por assinatura e pelas locadoras. Após o sucesso do streaming, outras empresas se sentiram encorajadas a entrar no mercado lançando suas próprias plataformas.

Quando falamos de redes de videolocadoras, a Blockbuster pode ser uma das mais famosas do mundo, onde teve seu maior sucesso nos anos 90, mas atualmente, alugar filmes nas locadoras, assim como a Blockbuster, não passa de uma mera lembrança no passado. Visando o mercado dos streamings, uma organização autônoma está tentando reviver a marca por meio da criação de uma nova plataforma de streaming.

Identificados como Blockbuster DAO, a entidade está tentando arrecadar US$ 5 milhões para comprar os direitos de propriedade intelectual da Blockbuster Video, que pertence a Dish Network. A ideia é reconstruir a rede como um serviço de streaming.

Uma DAO (Decentralized Autonomous Organization – Organização Autônoma Descentralizada) deveria comandar a marca e automatizar a maioria das decisões e colocar mais poder na mão da audiência para determinar o futuro de licenças e programas originais do serviço, eliminando assim erros humanos.


LEIA TAMBÉM:

–> Empresas devem gastar quase R$ 800 bilhões em conteúdo para streaming em 2022

–> Netflix é o streaming favorito na América Latina, segundo pesquisa

–> O que leva os brasileiros a assinarem um novo streaming?

Embora a ideia da aquisição seja um bom plano para alguns, veículos internacionais afirmam que a entidade pretende colocar pressão pública para que a Dish Network aceite o negócio, mesmo não tendo a intenção de fazer. No entanto, a Dish pode considerar a oferta de US$ 5 milhões relativamente baixa demais, uma vez que eles compraram a Blockbuster por US$ 320 milhões em 2011.

Nos últimos anos, a empresa tem utilizado a logo da Blockbuster em vários produtos diferentes, como a aparição no primeiro filme da Capitã Marvel. Sendo assim, pode ser complicado que a Dish queira vender a marca pelo valor que está sendo oferecido, sendo que o mais provável será eles utilizarem a ideia e lançar sua própria plataforma de streaming.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários