Início5GLicitação do 5G pode ser prorrogada até o dia 9, segundo Abraão...

Licitação do 5G pode ser prorrogada até o dia 9, segundo Abraão Balbino

Mesmo com previsão para acabar na sexta-feira (05), o presidente da comissão de licitações afirma que o leilão pode ir até a semana que vem.

A sessão de abertura da maior licitação da história do Brasil foi suspensa, às 10 horas, para a transmissão da entrevista coletiva do presidente Jair Bolsonaro, presente na cerimônia que está acontecendo na sede da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O leilão 5G está disponibilizando a venda as faixas de 700 MHz, 3,5 GHz, 2,3 GHz e 26GHZ.

Durante o discurso de abertura, o presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, afirmou que o órgão vai entregar um “elemento essencial” para o desenvolvimento da sociedade brasileira.

“A 5G irá remodelar a sociedade e os meios produtivos. Não se trata apenas de aumento de velocidade, a tecnologia de 5 geração tem outras facetas”, afirmou.

No pronunciamento do ministro das Comunicações, Fábio Faria afirmou que o Brasil será o primeiro país da América Latina a ter 5G e que serão arrecadados R$ 50 bilhões, sendo que R$ 40 bilhões serão utilizados para pré-investimento e R$ 10 bilhões vão para o tesouro.

LEIA TAMBÉM:

–> Saiba o que pode mudar no Brasil com a chegada do 5G

–> Disputa pelo 5G começa hoje; saiba como vai funcionar o leilão

–> Apenas 7 capitais estão preparadas para receber o 5G, segundo Conexis Brasil


Embora o certame tenha sido iniciado na manhã desta quinta-feira (04) e com previsão para finalizar nesta sexta-feira (05), o presidente da comissão de licitação, Abraão Balbino, informou que devido ao grande número de lotes de frequências que está a venda, o leilão pode ser prorrogado até o dia 9 de novembro.

A expectativa da Anatel, segundo Balbino, é que terá disputa de preços – com ágios – em diferentes lotes de frequências, ou seja, as empresas terão mais obrigações do que as determinadas nas regras do edital. Ágios se trata do termo para nomear o valor a mais dado em uma determinada mercadoria, no caso, as frequências do 5G.

“O ágio será transformado em mais obrigações e as empresas que comprarem as frequências terão que escolher as cidades onde irão atuar”, afirmou Balbino.

Os vencedores das faixas de frequência de 700 MHz e de 3,5 GHz, nos lotes nacionais e regionais, ainda poderão ser conhecidos hoje, conforme as projeções da comissão do leilão. Enquanto que os lances dos lotes de 2,3 GHz e 26GHz, serão continuados amanhã.

O período do final de semana e da segunda-feira (8 de novembro) serão concedidos para que as empresas possam estabelecer melhores estratégias para atender as obrigações, baseado nos lotes que arremataram.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários