25/02/2024

Apple lança programa para usuários consertarem seu próprio iPhone

Chamando de Self Service Repair, a iniciativa visa permitir que os usuários se sintam confortáveis a fazerem reparos em seus aparelhos.

A Apple anunciou nesta quarta-feira (17) que vai permitir que seus usuários consertem seus modelos mais recentes de iPhone, sendo que vai até fornecer orientação e as ferramentas e peças necessárias para que o reparo seja feito pelo próprio dono do aparelho. Nomeado de Self Service Repair, o programa só se aplica para as séries 12 e 23 do celular.

Guido Mieth / DigitalVision / Getty Images

Segundo a empresa, o programa pretende deixar o cliente mais confortável para fazer consertos em seus próprios dispositivos. No entanto, vale ressaltar que não é porque está permitido que qualquer um seja capaz de fazer o reparo, é necessário ter um pouco de conhecimento na área.

O reparo “é destinado a técnicos individuais com conhecimento e experiência em reparar dispositivos eletrônicos”, sendo que para a grande maioria dos clientes “visitar um provedor de reparos profissional com técnicos certificados que usam peças genuínas da Apple é a maneira mais segura e confiável de obter um ‎‎reparo”, afirma a empresa.

A princípio, o Self Service Repair será oferecido nos Estados Unidos a partir de 2022. Ao decorrer do ano, o programa será disponibilizado em outros países. Nesse início, serão disponibilizados recursos para o reparo de componentes que têm mais demandas, como bateria, tela e módulo de câmera. Até o final de 2022, outros componentes serão ofertados para a reparação do aparelho pelo próprio usuário.

LEIA TAMBÉM:

–> Política de privacidade da Apple pode fazer com que redes sociais percam dinheiro

–> Fitness+: Apple lança serviço de exercícios físicos no Brasil

–> LG dará 3 meses de Apple TV+ para os donos das suas Smart TVs

O programa Self Service Repair vai funcionar da seguinte maneira: os usuários irão receber um Manual de Reparo oficial da Apple constando o passo a passo para acessar os componentes internos do aparelho e assim, fazer a troca por um peça original. Feito o conserto, os usuários poderão devolver as peças danificadas para a empresa, sendo que ao fazer isso, ganharam crédito para compra na Apple Store.

Jeff Williams, diretor de operações da Apple, afirmou que “A criação de um acesso maior às peças originais da Apple oferece aos nossos clientes ainda mais opções caso seja necessário um conserto”.

FonteG1

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários