InícioEconomia e NegóciosTIM apresenta crescimento de 30% na cobertura FTTH, segundo balanço

TIM apresenta crescimento de 30% na cobertura FTTH, segundo balanço

Balanço financeiro da TIM aponta crescimento da operadora na cobertura FTTH, mas registra altos e baixos nos planos pós-pago e pré-pago.

A TIM apresentou nesta segunda-feira (25), os resultados do terceiro trimestre de 2021, onde a operadora obteve um crescimento de 30% na cobertura em Fiber To The Home (FTTH), ampliando para 4 milhões de pontos de acesso, em 28 municípios e mais 7 regiões administrativas do Distrito Federal.

A operadora terminou outubro com cerca de 52 milhões de clientes, sendo que 51,6 milhões são usuários da telefonia móvel (0,9% alta ano a ano) e 675 mil da banda larga fixa (alta de 7,7%).

No entanto, a TIM perdeu clientes no plano pré-pago, onde foram migrados para os planos pós-pagos ou retirados da base de clientes por cancelamento, por exemplo. Nos planos pós-pagos houve expansão. A receita de serviços móveis adicionou R$ 4 bilhões, enquanto que o fixo somou R$ 287 milhões para a companhia.

Em relação a Receita de Plataforma de Clientes, referente às parcerias com a C6 Bank, Kroton e TIM Ads, a companhia teve um total de R$ 38 milhões, sendo que R$ 11 milhões foram de Publicidade Móvel e R$ 26 milhões de Serviços Financeiros.


LEIA TAMBÉM:

–> Claro, TIM, Vivo e Oi são intimadas pelo Procon Fortaleza

–> Vivo e TIM estão entre os 10 maiores devedores dos Estados Brasileiros

–> Oi registra resultado financeiro positivo em julho

Até os Serviços Educacionais da TIM registrou suas primeiras entradas no balanço financeiro, com R$ 117 mil em setembro. No ano, a Receita de Plataforma de Clientes totalizou R$ 83 milhões, sendo que 26 milhões vieram da Publicidade Móvel e R$ 57 milhões de Serviços Financeiros.

Em relação ao lucro líquido, a TIM registrou R$ 993 milhões. No entanto, vale ressaltar que boa parte desse valor está relacionado à contabilização de créditos fiscais pela companhia.

Sem o impacto de efeitos não recorrentes, o lucro líquido normalizado da TIM foi de R$ 474 milhões, um aumento de 21,4% em relação ao ano passado. Enquanto que o EBITDA normalizado foi de R$ 2,16 bilhões, com alta de 4,5% ano a ano. A receita líquida foi de 4,5 bilhões, um aumento de 2,8%.

A TIM também relata que na comparação ano a ano, no trimestre, a companhia teve alta de 5,5%, com investimentos (Capex) de R$ 897 milhões.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários