InícioNotíciasDisney+ enfrenta dificuldades para ganhar novos assinantes

Disney+ enfrenta dificuldades para ganhar novos assinantes

Desaceleração do crescimento da empresa frustrou investidores e as ações da Disney tiveram uma queda inesperada; saiba detalhes.

Ao que tudo indica, o mundo do streaming será um eterno “sobe e desce”. Uma constante briga por soberania. Após a Netflix reportar um desempenho expressivo com o sucesso da série “Round 6”, o Disney+ começou a frustrar expectativas em número de assinantes. Na prática, o serviço “desacelerou” no crescimento e começou a apresentar um ritmo mais fraco de adesão de assinantes.

Imagem: Catálogo do Disney+ (Captura de Tela)
Imagem: Catálogo do Disney+ (Captura de Tela)

Explicando de forma mais resumida: o Disney Plus não está mais ganhando tantos assinantes quanto antes. Para atingir a meta de 230 milhões até o fim de 2024, a plataforma terá que dobrar seu ritmo atual de crescimento.

E vale lembrar os primeiros meses foram “de ouro” para a empresa, com números acima do que era esperado para o primeiro momento. De fato, as críticas direcionadas ao Disney+ dizem respeito ao catálogo infanto juvenil do streaming. O carro-chefe são as produções oriundas de grandes franquias como Star Wars e Vingadores (Marvel Studios).

A concorrência aposta em quantidade e investimento massivo em produção de conteúdo. É o caso de empresas como Netflix, Amazon Prime Vídeo e até mesmo o HBO Max. Catálogos que reúnem produções de todos os tipos, para todas as idades.


VEJA TAMBÉM:

–> Netflix muda a forma de medir a audiência do público

–> Disney transmite Brasileirão para a América Latina
 
–> Sucesso recente da Netflix golpeou Disney+ e HBO Max

No mercado financeiro, o banco Barclays solicitou que a empresa tomasse medidas para conter a fraca adesão de novos assinantes. Fato que fez com que as ações da empresa tivessem uma queda de 3%.

Vale destacar que no Brasil, assim como em vários outros países, a companhia reuniu suas produções mais adultas em uma plataforma a parte, que é o Star+. Já algumas regiões receberam esse conteúdo sem custo extra por meio de uma aba no Disney+.

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários