24/09/2021
Início5GVivo inicia testes do 5G em ondas milimétricas no Rio de Janeiro

Vivo inicia testes do 5G em ondas milimétricas no Rio de Janeiro

Testes são indispensáveis para os preparativos da implantação da rede 5G no Brasil.

vivo 5g
Foto: Reprodução Internet

Nesta semana, a Vivo e a Nokia iniciaram um teste dos preparativos para a implantação da rede 5G no Brasil. O teste serve para descobrir quais serviços poderão ser desenvolvidos com a nova tecnologia. A cidade escolhida dessa vez foi o Rio de Janeiro.

Através de ondas milimétricas, é possível uma troca de maior capacidade de dados, o que é essencial para o desempenho extremo do 5G, de conexões de até 10 Gbps.

Após uma licença da Anatel, a Vivo instalou um laboratório na Barra da Tijuca e dois sites localizados na Barra e Recreio dos Bandeirantes, que permitirão que sejam testadas as conexões em mmWave (ondas milimétricas) na frequência de 26 GHz.

VEJA TAMBÉM:

–> Anatel adia leilão do 5G pela segunda vez

–> 5G já está disponível em mais de 1.600 cidades ao redor do mundo

–> Anatel já traça planos para a chegada do 6G no Brasil

Os equipamentos utilizados são da linha Nokia AirScale mmWave, que funcionam em todas as bandas – 24/26, 28 e 39 GHz. A frequência de 26 GHz é uma das que estará à venda no próximo leilão da Anatel, sem data ainda para acontecer.

De acordo com Ailton Santos, Head Brasil da Nokia, o teste vai explorar as combinações entre alta velocidade e latência ultrabaixa, para trazer conectividade a vários casos de uso.

Conforme a proposta do relator Emmanoel Campelo, a agência pretende licitar 3,2 GHz de espectro na faixa, em lotes que podem ser 400 MHz ou de 200 MHz.

Leilão do 5G

Nesta semana, o leilão do 5G foi adiado. Essa é a segunda vez que o leilão do 5G é adiado pelo conselho diretor da Agência Nacional das Telecomunicações. Dessa vez, houve falta de consenso entre os diretores para a aprovação do texto final do certame. Na última sexta-feira, 10, a reunião do conselho foi cancelada antes mesmo de começar por desencontros do colegiado.

A aprovação pelo conselho diretor da Anatel é a última etapa antes da publicação do edital do leilão. O objetivo do Ministério das Comunicações é ter o 5G pelo menos em todas as capitais até julho do ano que vem.

No último mês, Fábio Faria, o ministro das Comunicações prometeu que São Paulo e o Rio de Janeiro teriam acesso a rede 5G em dezembro deste ano. Porém, com o adiamento do leilão, essa data não deve ser cumprida.

Com informações de TudoCelular

CONTEUDO RELACIONADO
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

MAIS POPULARES