InícioInternet Banda LargaSES anuncia nova constelação de satélites para a oferta de conectividade global

SES anuncia nova constelação de satélites para a oferta de conectividade global

Primeiro lançamento será feito pela SpaceX em dezembro.

SES anuncia nova constelação de satélites. Microsoft será um dos clientes

A provedora SES acaba de anunciar a mais nova constelação da empresa, a O3b mPOWER, composto por 11 satélites. A fabricação é feita em parceria com a Boeing.

A empresa explica que os satélites de nova geração serão colocados em órbita não geoestacionária, operando em órbita terrestre média. Segundo a SES, a nova constelação será capaz de fornecer serviços de conectividade multi-gigabit para empresas e governos em todo o mundo a partir de 2022.

Atualmente, os artefatos estão passando por testes e pela fase de integração de sistemas. O lançamento do primeiro lote com 3 satélites será feito pela SpaceX em dezembro deste ano. Estão previstos outros dois lançamentos em 2022.

A SES também aproveitou para anunciar que a Microsoft será uma das empresas clientes a utilizar ao O3b mPOWER. A ideia é que ela utilize o serviço de conectividade para o serviço de nuvem. Além da empresa de Bill Gates, existem outros clientes anunciados publicamente, como a Carnival Cruises, Orange e iSat Africa.

VEJA TAMBÉM:

–> HughesNet será a operadora oficial do Rally dos Sertões 2021

–> Internet da Viasat é comparável com a banda larga fixa, diz Speedtest

–> Banda larga via satélite ficará mais barata no Brasil

A empresa explica que os satélites contam com um software baseado em inteligência artificial capaz de oferecer serviços de conectividade de dezenas de megabits a vários gigabits por segundo. Além disso, a SES fez parceria com provedores de serviços em cloud para suportar conexões mais seguras e dedicadas, seja em áreas mais densas ou locais rurais e remotos.

“A indústria de satélites está mudando para um mundo baseado em software e tenho orgulho de dizer que lideramos esse movimento com inovação em todo o sistema O3b mPOWER. Sua infraestrutura terrestre é amplamente baseada em software, o que nos permite orquestrar de forma inteligente os serviços de conectividade em nossa rede global – algo nunca feito antes… A enorme taxa de transferência deste sistema e sua capacidade de se adaptar e dimensionar dinamicamente a largura de banda para atender às necessidades em evolução dos clientes em tempo real é uma inovação na indústria espacial e de satélite, e é exatamente o que nossos clientes estão procurando”, explica Steve Collar, CEO da SES.

“Nossa colaboração com a SES nos permitiu chegar a um sistema de satélite de próxima geração que atende às necessidades dos clientes da SES hoje”, afirmou Jim Chilton, sênior vice-presidente da Boeing Space and Launch.

A nova constelação da SES começará a fornecer serviços a partir do terceiro trimestre de 2022.

Com informações de Assessoria de Imprensa SES.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
CONTEUDO RELACIONADO
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

MAIS POPULARES