InícioTecnologiaXiaomi lança smartphone com custo de R$ 8 mil; conheça o Mi...

Xiaomi lança smartphone com custo de R$ 8 mil; conheça o Mi 11

Chinesa promete maior agressividade contra Apple e Samsung, que são suas principais concorrentes no mercado; conheça o lançamento.

Smartphone Mi 11, lançamento da Xiaomi.
Mi 11. Imagem: Divulgação Xiaomi

Se a Xiaomi era conhecida por vender modelos populares de smartphone, o jogo está prestes a mudar com o Mi 11.

A fabricante chinesa preparou o modelo topo de linha, que chega com custo de R$ 7.999,99.

Isso significa que a empresa vai seguir os passos da Apple e começa a trazer produtos mais caros para o mercado? Não necessariamente.

A primeira intenção aqui é não ser vista apenas como uma empresa de intermediários. A companhia quer também o reconhecimento no segmento premium de smartphones.

VEJA TAMBÉM:

–> Apple mais flexível e popular? Vejas as 3 últimas novidades da empresa

–> Smart TVs de ‘baixo custo’ serão mais frequentes no Brasil

–> Samsung expande seguro para cobrir celular com tela quebrada

Algo nos moldes da Samsung, que apesar de disponibilizar variados modelos, abocanha uma boa fatia de clientes com seus modelos ‘premium’, a linha S.

Portanto, a ameaça é iminente para a coreana, que utiliza sua variação de smartphones para conquistar uma boa fatia de mercado frente aos concorrentes.

Ao que tudo indica, a Xiaomi pretende seguir pelos mesmos caminhos.

É por isso que a marca apresentou o Mi 11 para o mercado, aparelho com capacidade de bater os poderosos Samsung Galaxy S21 e iPhone 12.

A câmera grande angular traz 108MP, somado aos 13MP da ultra grande angular e 5MP telemacro.

Smartphone Mi 11. Imagem: Divulgação Xiaomi
Smartphone Mi 11. Imagem: Divulgação Xiaomi

A tela também não vem para brincadeira com sua tecnologia Amoled WQHD+ e a promessa de 64 vezes mais cores que os concorrentes. É um prato cheio para os gamers, que terão 6.81 polegadas.

O modem 5G está obviamente incluso ao topo de linha, assim como uma bateria de 4.600 mAh de capacidade.

Segundo a divulgação, o consumidor poderá tranquilamente fazer um dia inteiro de uso. O polêmico carregador virá na caixa, mas a entrada para fones de ouvido será no USB-C, assim como nos iPhones.

Já o design é considerado por muitos como comum, sem grandes surpresas para bater os concorrentes.

“Resultados cinematográficos, com imensas possibilidades de recursos inéditos nunca vistos pelos consumidores brasileiros. Temos certeza de que será um smartphone que irá surpreender os usuários”, reforça Thiago Araripe, gerente de marketing da Xiaomi Brasil.

Com informações de Assessoria de Imprensa Xiaomi Brasil

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
CONTEUDO RELACIONADO

3 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

MAIS POPULARES