InícioEconomia e NegóciosTIM aceita oferta de R$ 1,6 bilhão da IHS para a venda...

TIM aceita oferta de R$ 1,6 bilhão da IHS para a venda da FiberCo

Com a nova empresa, operadora espera levar fibra para 8,9 milhões de casas nos próximos 4 anos.

TIM aceita oferta de R$ 1,6 bilhão da IHS para a venda da FiberCo

Na noite desta quarta-feira, 5 de maio, a TIM (TIMS3) anunciou a venda do controle acionário da unidade FiberCo para o grupo global IHS.

No acordo, a IHS pagará R$ 609,0 milhões para compor o caixa da FiberCo e mais R$ 1,0 bilhão a serem destinados à TIM.

Com a transação, a IHS ficará com 51% das ações da unidade e a TIM com os outros 49%.

Em março passado, a operadora já havia anunciado o acordo de exclusividade com a IHS.

VEJA TAMBÉM:

–> Receita da TIM cresce 3% no primeiro trimestre

–> FiberCo: TIM anuncia criação de nova empresa e divisão de ativos

–> TIM vai seguir os passos da Oi com ‘empresa de fibra óptica’

A criação da FiberCo faz parte do plano estratégico da TIM de criar uma empresa de fibra óptica neutra para a oferta de serviços de banda larga de alta velocidade para consumidores e empresas.

O valor da nova unidade foi avaliado em R$ 2,6 bilhões.

A rede neutra será construída sobre a base de ativos da TIM, que inclui cerca de 6,4 milhões de domicílios passados, sendo 3,5 milhões em FTTH e 3,5 milhões FTTC.

Além disso, é esperado que outros ativos da TIM sejam transferidos para a FiberCo, como contratos e empregados, quando o negócio for concretizado.

A FiberCo implantará, operará e manterá a infraestrutura de última milha.

Todas as atividades comerciais e de atendimento a clientes permanecerão com a TIM.

Em 4 anos, a nova empresa espera atingir 8,9 milhões de casas passadas com a tecnologia de fibra.

“Esta transação sempre foi encarada pela Companhia sob a ótica industrial, buscando a evolução e crescimento do seu negócio de banda larga. Entretanto, os impactos positivos de ordem financeira e econômica não podem ser deixados de lado”, afirmou a TIM em fato relevante.

Com o negócio, a operadora espera criar um fluxo de caixa positivo, além de utilizar as receitas para auxiliar no cumprimento de obrigações de investimentos, como, por exemplo, na compra dos ativos da Oi (OIBR3/OIBR4).

A venda do controle da FiberCo para a IHS ainda precisa de aprovação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A expectativa é que o fechamento ocorra no segundo semestre de 2021.

A IHS é uma provedora de infraestrutura de telecomunicações que atua em 9 países da África, Oriente Médio e América Latina, contando com mais de 28 mil torres de telefonia.

Com informações de Relações com Investidores TIM.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
CONTEUDO RELACIONADO
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

MAIS POPULARES