InícioEconomia e NegóciosClientes das operadoras pagaram mais de R$ 60 bilhões em tributos em...

Clientes das operadoras pagaram mais de R$ 60 bilhões em tributos em 2020

Setor de telecom pede urgência na reforma tributária para ampliar a oferta de serviços para os consumidores.

Clientes das operadoras pagaram mais de R$ 60 bilhões em tributos em 2020

No ano passado, os usuários dos serviços de telecomunicações pagaram somente em tributos o montante de R$ 60,6 bilhões.

Esse valor representa R$ 6,9 milhões pagos em tributos a cada hora.

O levantamento foi realizado pela Conexis Brasil Digital, que congrega as operadoras de telecomunicações.

A entidade defende mudanças na carga tributária brasileira, considerada uma das mais altas do mundo.

VEJA TAMBÉM:

–> Conexis diz que prazo para implantação do 5G nas capitais pode ser insuficiente

–> Operadoras dizem que esperam ‘eventuais ajustes’ no edital do 5G

–> Volume de ligações indesejadas de operadoras caiu para 6%

Segundo dados da União Internacional de Telecomunicações (UIT), os usuários brasileiros pagam mais de 42% em tributos sobre os serviços, entre taxas e impostos.

“Essas altas cifras, que pesam no bolso do cidadão, servem de alerta para a necessidade de discutir o tema no âmbito da proposta de reforma tributária em tramitação no Congresso. Esperamos que o tema seja, enfim, endereçado e um desfecho positivo certamente traria benefícios enormes para muitos setores e para a população”, afirmou o presidente executivo da Conexis, Marcos Ferrari.

Somente para o Fundo de Universalização das Telecomunicações (Fust) foram arrecadados R$ 3,57 bilhões, somando mais de R$ 116 bilhões recolhidos em fundos setoriais desde 2001.

Entretanto, menos de 10% deste fundo foi efetivamente utilizado em projetos de telecomunicações.

A Conexis afirma que com a reforma tributária seria possível expandir a cobertura de banda larga no país, além de acelerar a implantação do 5G.

Mesmo com a atual carga tributária, a entidade ressalta que o setor investiu mais de R$ 31 bilhões no ano passado, mantendo as operações e ampliando as redes durante a pandemia.

“A Reforma Tributária é, sem dúvida, a maior política de inclusão sócio-digital que o Brasil pode fazer. É praticamente impossível pensar em atividades econômicas modernas que não dependam dos serviços prestados pelas telecomunicações”, completa Ferrari.

Com informações de Assessoria de Imprensa Conexis Brasil Digital.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
CONTEUDO RELACIONADO
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

MAIS POPULARES