WhatsApp quer facilitar a vida de quem troca Android por iOS (e vice versa)

Uma dificuldade que já é comum para quem fez ou fará a troca pode estar perto de ter um fim; saiba os detalhes.

Logotipo do WhatsApp
Imagem: Ilustração PxHere

Para alguns não há muita importância, mas para outros não se pode dizer o mesmo. Aqui, falamos do famoso “histórico do WhatsApp”, no qual muitas pessoas podem utilizar para guardar conversas importantes, até mesmo aquelas que precisam ser documentadas, ou afetivas mesmo.

Quem troca um dispositivo Android (sistema operacional do Google) por um iOS (Apple) enfrenta a infelicidade de perder todas as suas conversas no famoso aplicativo de mensagens. É um problema que, até o momento, segue sem solução.

Mas, se depender do Facebook, empresa controladora do WhatsApp, a solução pode estar a caminho em uma futura atualização do aplicativo nos dois sistemas operacionais. Usuários poderão migrar históricos do Android para o iOS e vice versa.

A informação vem do vazamento de uma captura de tela com o recurso disponível para os consumidores, mas não há qualquer previsão de quando ele estará disponível para utilização.

VIU ISSO?

–> Decisão Tomada: veja até quando a LG vai continuar fabricando celulares

–> Smartphone Xiaomi Mi 10 resiste após ser esmagado por um ônibus

–> Android, do Google, coleta 20x mais dados do que o iOS, da Apple

Atualmente, é possível apenas manter as informações do perfil como nome, foto e configurações. Não é possível transferir nada além disso, se o usuário estiver trocando de sistema operacional em seus smartphone.

O Android acompanha dispositivos famosos de marcas como Samsung, Xiaomi, Motorola, LG e até mesmo o próprio Pixel, do Google. Já o iOS é exclusivo para os smartphones fabricados pela maçã, os “badalados” iPhones.

Qualquer ferramenta que ofereça a migração de histórico de um sistema para o outro não é confiável, viola os termos de serviços do WhatsApp e pode até mesmo colocar a privacidade do usuário em risco.

Com informações de WaBetaInfo

About Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários