InícioTV por AssinaturaNúmeros abaixo da meta fazem Netflix perder US$ 18 bilhões em valor...

Números abaixo da meta fazem Netflix perder US$ 18 bilhões em valor de mercado

Chefe financeiro da empresa culpa pandemia pela desaceleração do número de assinantes.

Logotipo da Netflix na tela de um smartphone.
Imagem: Shutterstock.

A Netflix, uma das maiores plataformas de streaming do mundo, perdeu US$ 18 bilhões, o equivalente a R$ 100,25 bilhões, em valor de mercado, na última quarta-feira, 21.

Um dos motivos para isso, foi o fato de a empresa não ter atingido a sua meta de 210 milhões de usuários, no primeiro trimestre deste ano, segundo balanço divulgado na terça-feira, 20.


De acordo com os dados, a gigante dos streamings conseguiu “apenas” 208 milhões de assinantes globais nos primeiros três meses de 2021.

Considerando também os números do dia em que divulgou seus resultados, a Netflix perdeu US$ 20,2 bilhões de valor em mercado, que convertido na moeda brasileira é o mesmo R$ 112,51 bilhões. Com isso, a empresa está valendo, atualmente, US$ 225,4 bilhões.

VIU ISSO?

–> Netflix conquista menos assinantes que o esperado; Ações caem

–> Netflix poderá ter mais perdas relevantes em seu catálogo

–> Netflix bate recorde de crescimento no último trimestre de 2017

Segundo a plataforma, a pandemia de Covid-19 é a maior culpada pelos resultados, que além de impactarem o número de assinaturas, ainda atrasou o lançamento de novos conteúdos.

“Os eventos extraordinários da covid tiveram um grande impacto no mundo, e continua a ter. E para nós, no mínimo, cria apenas algum tipo de instabilidade em algumas das tendências de negócios que vemos na Netflix”, disse o chefe financeiro da empresa, Spencer Neumman.

Além disso, ele também desconsiderou a ideia de que o lançamento do Disney+, que já alcançou 100 milhões de assinaturas em pouco mais de um ano, interferiu nos resultados. Para Neumman, o YouTube e a televisão são os principais concorrentes da plataforma.

No entanto, o lucro líquido registrado pela empresa no primeiro trimestre deste ano foi de R$ 1,7 bilhão, o que representa um crescimento de 141,2%, se comparado ao mesmo período do ano passado.

No mais, a empresa está otimista quanto aos resultados do primeiro semestre deste ano e no crescimento no número de usuários, principalmente por causa do lançamento das novas temporadas de “You“, “The Witcher” e “Sex Education“, séries de bastante sucesso na Netflix.

Com informações de Poder360.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários