quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Netflix bate recorde de crescimento no último trimestre de 2017

O que você achou? 
Foram 8,3 milhões de usuários a mais no ano, resultado que faz a popular empresa de streaming chegar a valer US$ 100 bilhões.

A Netflix fechou, na segunda-feira (22), a divulgação de seu balanço financeiro de 2017, comprovando que não é à toa que percebemos uma tendência cada vez maior de clientes de TV por assinatura que migram para o seu serviço de streaming. Somente no quarto trimestre do ano, a receita da empresa cresceu 32,6%, registrando US$ 3,286 bilhões.

Também foi o recorde de adições líquidas na base da empresa, já que registrou aumento de 8,5 milhões de usuários em 2017. Em 2016 havia sido 7 milhões, e a expectativa era de apenas 6,3 milhões para este ano. O motivo da superação, segundo a Netflix, teriam sido os conteúdos originais e o maior alcance que a internet oferece hoje com entretenimento. 


Apesar de ter aumentado os preços do serviço em 2017, a Netflix fechou o ano com 117,58 milhões de assinantes em mais de 190 países.

A companhia não tem modéstia quanto às previsões para este ano. Ela espera adicionar 6,35 milhões de usuários em toda a base global no 1º trimestre de 2018, sendo 1,45 milhão nos Estados Unidos e 4,90 milhões em outros países.

Para ela, o retorno de seus investimentos, o aumento da média de horas de streaming por usuário e outros resultados positivos tiveram influência de sucessos lançados no ano, como as séries “13 Reasons Why”, “Stranger Things” e o filme “Bright”, com o ator Will Smith. “Foram resultados de uma combinação de grande conteúdo e grande marketing”, relatou.

Outros números

O relatório divulgado pela Netflix nesta semana também mostra que a empresa:

  • Aumentou 59% de seu lucro operacional, totalizando US$ 245 milhões;
  • Prevê lucro operacional de US$ 362 milhões no 1º trimestre de 2018;
  • Registrou lucro líquido de US$ 186 milhões, aumento de 117,61% em relação ao 4º trimestre de 2016;
  • Registrou EBTIDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de US$ 313 milhões, aumento de 47,6% em relação a 2016, que foi US$ 212 milhões.

Depois da divulgação dos últimos números do ano, a Netflix ultrapassou pela primeira vez a marca de US$ 100 bilhões em valor de mercado. 

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.