Vírus no Android pode roubar senhas e dados confidenciais

Segundo análise feita por uma empresa de segurança, malware se instala com facilidade no smartphone e envia informações confidenciais para outro servidor.

Ilustração de espionagem e dados eletrônicos.
Imagem: Ilustração PxHere

Alerta para os usuários do Android! De acordo com a empresa de segurança Zimperium, um novo malware está implantado no sistema e pode, com facilidade, roubar informações confidenciais como senhas, conversas, documentos e outras que ficam armazenadas no aparelho celular.

O disfarce seria uma suposta atualização de sistema, na qual o usuário é enviado para uma loja terceira, fora da Play Store, para fazer o download e aplicar. Depois que o procedimento é feito, o trojan consegue enviar dados confidenciais do smartphone para outro servidor, que é acessado por golpistas.

Há possibilidade de roubo de mensagens instantâneas, banco de dados, favoritos, histórico de navegação, documentos, gravar áudios e ligações, imagens, vídeos, localização, contatos telefônicos, senhas e até mesmo controle da câmera.

Portanto, criminosos podem ter o total controle de um smartphone, caso o usuário caía na cilada de permitir que o trojan malicioso se instale.

VIU ISSO?

–> Problema em atualização está por trás do travamento de apps do Android

–> Flagrante: veja como é aplicado um golpe de WhatsApp

–> Pensando no meio ambiente, empresa lança cartão SIM ecológico

O WhatsApp, aplicativo de mensagens mais popular da atualidade, também não está imune ao malware, que pode facilmente ter acesso às mensagens pessoais das vítimas. Mas, a base dados só é invadida se o trojan conseguir acesso ao root do smartphone.

Se os golpistas não conseguirem fazer o root, ainda é possível roubar informações pessoais por meio do golpe malicioso, que se instala no Android. Até mesmo detalhes de conversas no app de mensagens.

Entretanto, o que pode tranquilizar muitos usuários é que o ‘app de espionagem’ necessita que o dono do smartphone vá até uma outra loja de aplicativos para instalar atualização.

Muitos usuários já são automaticamente orientados a não baixarem aplicativos fora da loja oficial do sistema operacional. Portanto, um alerta pode ser suficiente para evitar que as pessoas sofram com essa espionagem.

Com informações de Arstechnica

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários