InícioEconomia e NegóciosTelebras vai abrir novo concurso público

Telebras vai abrir novo concurso público

Estatal anunciou que contratou empresa especializada para organizar e aplicar as provas.

A Telebras deve abrir em breve um novo concurso público para contratar funcionários para a empresa estatal.

Nesta segunda-feira, 8 de março, foi publicado no Diário Oficial da União o ato em que a Telebras anuncia a contratação do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Promoção de Eventos (CEBRASPE), para ser a empresa responsável pela organização e aplicação das provas.


A contratação foi realizada sem licitação e não haverá ônus para a Telebras.

Os custos para a realização do concurso serão cobertos pelo pagamento das taxas de inscrição dos candidatos.

VIU ISSO?

–> Telebras anuncia antena que permite internet via satélite no carro

–> STF autoriza Telebras a explorar serviços de banda larga

–> Telebras inaugura centro de operações espaciais

Entretanto, ainda não há informações sobre vagas, salários ou datas.

O documento publicado no Diário Oficial apenas afirma que concurso será para “provimento de vagas e formação de cadastro reserva para o quadro de pessoal da Telebras”.

A última vez que a Telebras realizou um concurso público foi em 2015.

Na época, foram abertas 41 vagas para níveis médio e superior, com salários entre R$ 3.873 e R$ 15.242.

Telebras

É válido ressaltar que a Telebras está na mira do Ministério das Comunicações para uma possível privatização.

Desde o ano passado, a empresa pública ficou sem autonomia e sem recursos próprios, após ser enquadrada como “estatal dependente” e não fazer mais parte do orçamento de investimento (OI) e do programa de dispêndios globais (PDG).

Por outro lado, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, sugeriu que a Telebrás ficasse responsável pela gestão da futura rede privativa do Governo Federal, algo que não agradou as empresas de telefonia.

Após o mal-estar no mercado, o ministro disse que poderia transferir a gestão da rede para as empresas, mas teria que alterar um decreto assinado pelo ex-presidente Michel Temer.

Após a privatização do setor de telefonia no Brasil, no ano de 1998, a Telebras passou a promover políticas públicas de inclusão digital, estimulando o desenvolvimento do mercado de telecomunicações, além de atender as demandas tecnológicas da administração pública.

Com informações de Diário Oficial da União, Telebras e Telesíntese.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários