InícioEconomia e NegóciosSem revelar o motivo, TIM pretende pedir empréstimo de até R$ 4...

Sem revelar o motivo, TIM pretende pedir empréstimo de até R$ 4 bilhões

Conselho da operadora autorizou a transação, podendo ser feita em moeda nacional ou estrangeira.

De acordo com ata divulgada nesta quarta-feira, 24 de março, o conselho de administração da TIM (TIMS3) autorizou a empresa a fazer um empréstimo de até R$ 4 bilhões.

O montante poderá ser captado em moeda nacional ou estrangeira, sendo contratado em um ou mais bancos.


O pagamento do empréstimo será feito em até quatro anos e também estão previstas outras operações acessórias para efetivá-lo.

A autorização do conselho tem validade de 12 meses, podendo ou não ocorrer, a depender de condições de mercado.

VIU ISSO?

–> Vivo, TIM e Claro querem consentimento prévio da Anatel para compra da Oi Móvel

–> TIM pretende transferir dados de todos os clientes para a nuvem

–> Operadoras de telefonia estão perdendo valor de mercado

Entretanto, até o presente momento, o motivo para o pedido desse empréstimo ainda não foi divulgado pela TIM.

Na mesma reunião que foi autorizado o empréstimo, também foi aprovado o plano industrial da companhia para o próximo triênio.

Por isso, a suspeita é que o crédito possa ser utilizado para bancar os R$ 4,4 bilhões em investimentos previstos pela TIM para este ano.

Entre as metas estão investimentos para aumentar a participação da empresa no mercado de fibra óptica, tornar a empresa referência em ESG, desenvolver propostas de valor em Internet das Coisas, entre outros.

O plano industrial também inclui o pagamento da compra dos ativos da Oi Móvel.

A TIM deverá pagar a maior fatia (R$ 7,3 bilhões) do total de R$ 16,5 bilhões, no consórcio formado com a Claro e Vivo (VIVT3).

O negócio está em processo de análise pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), com a anuência sobre a venda de ativos da Oi saindo até o final do ano.

Além disso, tem o leilão do 5G, previsto para ocorrer em junho ou julho deste ano, demandando os primeiros investimentos da companhia na implantação da nova tecnologia.

Com informações de Money Times e Teletime.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários