InícioEconomia e NegóciosOi planeja reestruturação dos sistemas de TI centrada nos clientes

Oi planeja reestruturação dos sistemas de TI centrada nos clientes

Objetivo é fazer dos consumidores o grande ativo da empresa.

Novo logotipo da Oi na cor laranja com o fundo roxo.
Imagem ilustrativa.

Pensando em melhorar a experiência de seus clientes, a Oi está planejando uma reestruturação dos seus sistemas de TI.

Embora ainda não existam detalhes, o que se espera é que essas mudanças abarquem sistemas como os de billing, relacionado a cobranças de tarifas, planos e serviços, e CRM, que está ligado a gestão de relacionamento com o cliente.


Segundo o diretor de marketing do varejo e empresarial da Oi, Roberto Guenzburger, o objetivo da operadora é fazer com que os clientes sejam o grande ativo da empresa.

Nesse sentido, a Oi tem um projeto de se tronar customer centric, ou seja, todo o planejamento estratégico da operadora vai estar centrado no cliente.

VIU ISSO?

–> Bancos querem barrar plano de reestruturação da Oi, diz site

–> Oi oficializa venda de ativos para a Highline

–> Credores aprovam plano de reestruturação da Oi

Para isso, Guenzburger explica que a empresa vai ter que simplificar suas interfaces para que elas sejam simples e fáceis tanto para os clientes quanto para os parceiros da companhia.

A venda dos ativos de infraestrutura da empresa foi um doa fatores determinantes para esse novo projeto da Oi, que aposta suas fichas na oferta de uma experiência diferenciada.

Algumas iniciativas adotadas recentemente pela Oi devem ser mantidas, como o Oi Place, que é o marketplace da empresa, onde os clientes podem encontrar produtos de tecnologia.

Além disso, a Joice, que é a a inteligência artificial da Oi, também deve permanecer, mesmo com a consolidação da venda da Oi Móvel.

E esse novo projeto da Oi de se tornar customer centric já pode ser observada em algumas ações recentes da empresa.

Como anunciado na última terça-feira, 16, pelo Minha Operadora, o Grupo Oi lançou a marca Tahto, que vai substituir a BTCC, que era a subsidiária de call center da companhia.

A escolha do nome já explicita isso, já que “Tahto” está relacionado com o sentido de tocar, trazendo mais tato para os negócios e empatia com o outro.

Com informações de Mobile Time.

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários