22/02/2024

Após crise, Ministro das Comunicações acompanha Lula em viagem à China

Presidente Lula e outros governantes do Brasil estão na China para tratar de várias pautas. Juscelino Filho foi para falar sobre comunicação.

O ministro das comunicações foi à China para fazer parte da comitiva do presidente Lula que está em viagem por lá. Segundo o site do Ministério das Comunicações, com o objetivo de promover o desenvolvimento do setor de telecomunicações e garantir a inclusão digital de todos os brasileiros, o Brasil está buscando novos parceiros internacionais. 

Lula e Juscelino Filho

Nesse sentido, Juscelino Filho, estará acompanhando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em uma viagem à China nesta semana. Durante a visita, a comitiva terá uma agenda intensa, incluindo visitas, conversas bilaterais, eventos oficiais e assinaturas de acordos, com o objetivo de fortalecer as relações internacionais do Brasil.

“É um prestígio muito grande ser convidado para integrar essa comitiva. Esta é uma excelente oportunidade para conquistarmos novos parceiros que poderão contribuir com um dos grandes objetivos do governo do presidente Lula que é levar a inclusão digital para todos os cantos do país, além de avançar em ações que vão gerar emprego e renda para a população”, disse Juscelino Filho.

Compromissos do MCom durante a viagem para a China

Durante sua viagem, o ministro irá assinar um Memorando de Entendimento com representantes chineses para estabelecer um intercâmbio de informações sobre políticas, regulamentos e padrões técnicos de telecomunicações. 

Esse acordo tem como objetivo promover as pequenas e médias empresas de ambos os países, além de possibilitar a troca de perspectivas sobre as principais questões relacionadas à tecnologia da informação e comunicação em fóruns internacionais, como a União Internacional de Telecomunicações (UIT) e o G20.

Além disso, Juscelino Filho também irá participar de uma visita técnica ao Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Huawei em Shanghai, que conta com um investimento de USD 1,5 bilhão e é dedicado à pesquisa em áreas como chips para diversos dispositivos, redes sem fio e redes de dispositivos conectados. Atualmente, a Huawei emprega mais de 30 mil funcionários.

Juscelino destacou a importância de estreitar laços com grandes empresas globais, conhecer seus campos de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias, especialmente com o avanço do 5G no Brasil. O objetivo é transformar o país em um polo mundial do setor em um futuro próximo.

“Com o avanço do 5G no Brasil, é importante estarmos cada vez mais próximos das grandes empresas globais, conhecer seus campos de pesquisa e de desenvolvimento de tecnologias, para que nos tornemos, em breve, um pólo do setor para o mundo”.

Juscelino Filho e Lula 

Após os eventos dos meses passados, quando o presidente Lula cogitou retirar o ministro do cargo e Juscelino afirma que esclareceu tudo que aconteceu durante esse começo de mandato, ele segue no comando da pasta de comunicação e vai estar com o chefe de estado em vários momentos dessa viagem 

O presidente será acompanhado pelo ministro em eventos diplomáticos, incluindo reuniões com o presidente da China, Xi Jinping, o primeiro-ministro da China, Li Qiang, e o presidente da Assembleia Popular Nacional, Zhao Leji, durante sua visita a Pequim. 

Em Xangai, a comitiva brasileira visitará a sede do Novo Banco de Desenvolvimento, uma entidade criada pelos BRICS (grupo formado por Brasil, China, Índia, Rússia e África do Sul) para impulsionar projetos em países em desenvolvimento. Além disso, também estão programadas visitas ao centro de pesquisa da Huawei e ao hub de inovação da Suzano.

ViaMCom
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários