TIM e Claro vão prestar serviços de telefonia para o Governo Federal

Operadoras venceram pregão para contratos de 30 meses e que podem chegar a R$ 74 milhões.

Crédito da imagem: Wilson Dias/Agência Brasil

A TIM e a Claro foram as vencedoras em pregão que busca contratar operadoras para prestar serviços de telefonia fixa e móvel para o Governo Federal.

Conforme antecipado pelo Minha Operadora, o Ministério da Economia lançou edital em outubro passado para a contratação de serviços de telecomunicações para 412 unidades administrativas federais em todo o Brasil.


A TIM será contratada para prestar o serviço móvel, enquanto a Claro será responsável pela telefonia fixa.

Os contratos são de 30 meses cada e podem chegar ao montante de R$ 74 milhões, sendo R$ 62,1 milhões para a TIM e R$ 11,8 milhões para a Claro.

VIU ISSO?

–> Anatel abre licitação para adquirir suporte para hardware da Huawei

–> Programa ‘Alô Minas’ fracassa e governo pretende revisar edital

–> Governo Federal deve usar 5G para se aproximar de Joe Biden

A compra unificada dos serviços foi defendida pela pasta, alegando economia na celebração dos contratos.

De fato, o valor total dos contratos ficou abaixo dos cerca de R$ 240 milhões previstos no edital.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

“Com a centralização de compras foi possível obter esses serviços essenciais para órgãos e entidades com uma redução extraordinária de preços”, disse o secretário de Gestão, Cristiano Heckert.

Além da TIM, a Claro e Vivo também entraram na disputa pelo contrato móvel.

Já a telefonia fixa recebeu lances da Claro e Vivo.

Com informações de Convergência Digital.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários