Vivo e Facebook são multadas por causa de golpe do WhatsApp

Responsabilidade dos fornecedores do serviço no ‘golpe do WhatsApp’ ainda é um tema complexo para o judiciário; entenda.

Ilustração WhatsApp
Imagem: Wikimedia Commons

WhatsApp clonado se tornou um golpe assíduo no mundo inteiro. Quando o crime acontece, de quem é a culpa? Nessa, operadora, cliente e aplicativo ficam em questão. Em um caso recente, a Vivo e o Facebook foram responsabilizados.

A decisão veio da 6ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, que manteve a condenação ao pagamento de danos morais por parte das duas empresas supracitadas.


Na ocasião, o cliente teve seu número clonado e o infrator conseguiu acesso ao popular aplicativo de mensagem. Feito isso, solicitou um empréstimo para um dos contatos, que prontamente atendeu.

Pelo celular da vítima, o golpista se fez passar pelo dono do chip e conseguiu a transferência de R$ 1.450 de um dos contatos. Ao descobrir o ocorrido, o dono do smartphone tomou a decisão de ressarcir a pessoa enganada.

VIU ISSO?

–> Vivo abre 30 oportunidades de emprego com salário de R$ 6.800

–> Vivo TV terá acesso ao Amazon Prime Vídeo via decodificador

–> Música famosa de comercial da Vivo ganha versão completa

Pedro Baccarat, desembargador e relator da integração, alega que a responsabilidade dos fornecedores é solidária.

Ele explica que tudo começa com a contratação de uma linha telefônica até chegar à utilização do aplicativo. Portanto, ambas empresas fazem parte da cadeia e devem ser responsabilizadas.

Baccarat destaca que a impossibilidade de usar a linha e o aplicativo não são argumentos suficientes para justificar danos morais. Porém, o constrangimento sofrido pela vítima é um motivo que ultrapassa o mero aborrecimento.

Portanto, Vivo e Facebook terão que fazer reparações solidárias por dano material de R$ 1.450 e de R$ 5 mil.

Com informações de Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários