Banda larga da Claro net enfrenta instabilidades

Cidade mais afetada pelos problemas é o Rio de Janeiro; saiba mais detalhes sobre a possível falha no serviço.

Mapa de calor com falhas da Claro net no Downdetector
Imagem: Mapa de calor com falhas da Claro net no Downdetector

Alguns clientes de banda larga da Claro net relatam que o serviço passa por uma instabilidade na manhã desta quarta-feira, 28 de outubro.

Tudo indica que a região mais afetada pela falha é o Rio de Janeiro. Segundo moradores, o aplicativo da operadora dá uma previsão de normalização para às 13h30.


No Downdetector, que ainda mantém páginas separadas para as marcas Claro e NET, as solicitações já mostram crescimento no gráfico.

De acordo com o site, as regiões mais relatadas são Rio de Janeiro, Porto Alegre, Fortaleza, Curitiba e São Paulo.

VIU ISSO?

–> Contratação da Claro Box TV gera ‘dor de cabeça’ para clientes

–> Claro pretende ativar 5G DSS em mais 12 cidades ainda este ano

–> Claro flex lança plano de 16 GB por R$ 69,99

Veja abaixo o mapa de calor mostrado pelo site:

Nas redes sociais, clientes da operadora já começam a se manifestar. Confira:

A Claro net ainda não se pronunciou oficialmente sobre a possível falha registrada nesta quarta-feira.

No mês passado, mais precisamente no dia 18, o serviço enfrentou períodos de instabilidade e os moradores do Rio de Janeiro também foram os principais afetados.

A fim de mais detalhes, o Minha Operadora entrou em contato diretamente com a assessoria de imprensa da marca.

Se houver uma resposta, a publicação passará por atualizações.

[ATUALIZAÇÃO – 28/10/2020 16h38]:

Em resposta, a prestadora enviou o seguinte esclarecimento sobre a falha na internet fixa:

“A Claro informa que seu serviço de banda larga está funcionando normalmente. Na manhã desta quarta-feira, clientes podem ter percebido instabilidade em algumas regiões da cidade do Rio de Janeiro devido a uma queda no fornecimento de energia elétrica. A empresa ressalta que os serviços foram estabilizados tão pronto a energia foi restabelecida.”

Com informações de DownDetector

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários