Highline pretende desistir da rede móvel da Oi, diz colunista

Reviravolta fez ações da Vivo e TIM dispararem na Bolsa de Valores.

Segundo o colunista Lauro Jardim, em seu blog no Globo, a Highline, controlada pelo fundo Digital Colony, deve anunciar em breve a sua saída das negociações para a compra da Oi Móvel.

Apesar de conseguir a exclusividade na compra dos ativos da Oi (OIBR3 / OIBR4), a Highline não pretende realizar uma nova proposta que supere os R$ 16,5 bilhões oferecidos pela TIM (TIMP3), Vivo (VIVT3 / VIVT4) e Claro.


Como consequência da reviravolta nas negociações, as ações da TIM e Vivo dispararam na B3 após as 16h30 desta sexta-feira, 31.

As 17h39, as ações da TIM apresentavam alta de 6,42%, com os papéis sendo negociados a R$ 15,75.

Já a Vivo, as suas ações ordinárias apresentavam alta de 2,46%, valendo R$ 52,56, e as preferenciais valorizando 2,97%, alcançando R$ 52,65.

A Claro não possui ações negociadas na Bolsa brasileira.

VIU ISSO?

–> Conheça a posição do CADE sobre a venda da Oi Móvel

–> TIM não descarta se tornar cliente da InfraCo (Oi)

–> Oi repudia matéria da VEJA que prevê falência da companhia

Entretanto, os papéis da America Movil (AMX), controladora da Claro no Brasil, na Bolsa de Valores de Nova York, não repercutiram a possível saída da Highline nas negociações. As ações fecharam em queda de 1,79 sendo cotada a US$ 12,64 (R$ 65,91).

As ações da Oi estavam em queda durante a consulta. A OIBR3 registrava recuo de 4,21% (R$ 1,82) e a OIBR4 -6,58% (R$ 2,98).

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários