Dona da Vivo vende sua operação móvel na Costa Rica

Acordo foi fechado com a Liberty Latin America três meses após a Millicom desistir do negócio.

Nesta terça-feira, 30, a espanhola Telefónica, controladora da Vivo no Brasil, anunciou que vendeu toda a sua operação móvel na Costa Rica, na América Central, para a Liberty Latin America.

O valor do negócio é de US$ 500 milhões (R$ 2,60 bilhões na cotação atual).


Em fevereiro de 2019, a Telefónica já havia fechado um acordo para a venda de todo o capital social de seus negócios na Costa Rica para a Millicon, por US$ 570 milhões (R$ 2,96 bilhões).

No entanto, em maio deste ano, a Millicon decidiu rescindir o contrato, alegando atrasos na aprovação regulatória. Já a Telefónica acusa a empresa de desistir do negócio.

O grupo espanhol afirmou que pretende manter a ação na justiça contra a Millicom devido à violação injustificada dos termos do contrato, exigindo a compensação de todos os danos causados.

A Telefónica salienta que a transação com a Liberty Latin America ainda depende do cumprimento de determinadas condições contratuais, além de aprovações regulatórias.

VIU ISSO?

–> Dona da Vivo concretiza mega fusão

–> Dona da Vivo pretende priorizar negócios no Brasil

–> Dona da Vivo e Liberty Global negociam possível fusão

A venda das operações móveis na América Latina faz parte do plano estratégico da Telefónica em focar as suas operações na Espanha, Reino Unido, Alemanha e Brasil, mercados estes que juntos representam 80% dos negócios da companhia.

Com informações de Assessoria de Imprensa Telefónica.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários