Abratelecom faz alerta sobre programa de parcerias da TIM

Entidade afirma que operadora não tem sido honesta e transparente com empreendedores.

A Abratelecom, entidade de classe que congrega empresários e empresas que atuam no segmento B2B de todas as operadoras nacionais, fez um alerta de que a TIM tem promovido erros contratuais, estornos indevidos e aplicação de políticas desleais em seu programa intitulado “TIM Business Partner”.

O alerta foi enviado ao Minha Operadora, após publicação de matéria na última sexta-feira, 3, que informa que a TIM está em busca de empreendedores.


Por meio do programa, a operadora busca realizar parcerias com pequenos e médios empreendedores para atuar no segmento B2B (business to business), como representantes de serviços de telecom.

Segundo a entidade, existem hoje centenas de ações judiciais em andamento contra a TIM nos foros de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O problema seria que muitos dos riscos da operação são ocultados nos contratos firmados.

Existe uma cláusula, por exemplo, de que a TIM pode estornar comissões já pagas, quando o cliente sai da base, desde que a culpa pela perda do cliente seja do agente autorizado/representante comercial.

Entretanto, a Abratelecom afirma que a operadora tem utilizado essa cláusula para estornar todas as comissões de clientes que ela acaba perdendo pela má qualidade na prestação de serviços.

Além disso, a TIM tem um programa de certificação, em que as metas mudam para que o empreendedor mantenha sua classificação. Inicialmente, é proposto uma meta de 500 linhas vendidas por mês. Pouco tempo depois, ela aumenta para 1000 linhas por mês. Caso o parceiro não consiga bater a nova meta, tem sua comissão reduzida, afirma a entidade.

VIU ISSO?

–> ‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

–> Operadoras e Anatel são processadas por Ministério Público

–> Ministério da Justiça multa TIM em R$ 800 mil

“Temos discutido em várias instâncias, em ações judiciais recorrentes, a importância da operadora ser honesta e transparente com seus parceiros e futuros parceiros, principalmente no que tange os riscos da operação, formatos de repasse de comissões e os nocivos estornos de comissionamento, que são aplicados durante a relação comercial” alerta André Hummel, presidente da Abratelecom.

Além da TIM, as ações envolvem outras operadoras. Segundo Hummel, empresários que estiveram em programas de representação comercial com as teles brasileiras tiveram mais de R$ 1,5 bilhão em prejuízos.

O Minha Operadora entrou em contato com a TIM, mas até o fechamento desta matéria não recebemos um posicionamento sobre o alerta emitido pela Abratelecom. A matéria será atualizada caso recebamos um retorno da companhia.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Felipe

Quando foi na vida que essa operadora ja foi honesta e transparente? KKKKK

Cidade - UF
Goiania - GO