TIM é condenada por fazer cobrança em linhas canceladas

Juíza considerou que erro da operadora é da maior gravidade e que poderia negativar o CPF do consumidor.

Na última sexta-feira, 5, a 3ª Turma Recursal do Tribunal de Justiça do Paraná condenou a TIM a indenizar por dano moral um cliente que continuou a receber cobranças mesmo após suas duas linhas de telefonia móvel ter sido canceladas.

O caso ocorreu em abril de 2010, quando o cliente solicitou os cancelamentos. O consumidor chegou a fazer um pagamento de R$ 23,60, mas não pagou as faturas seguintes enviadas pela TIM.


A operadora já tinha sido condenada em primeiro grau a pagar a quantia de R$ 1 mil, por danos morais. Na época, o juiz considerou “adequada e razoável para solução da pretensão”.

Entretanto, o autor da ação apresentou recurso.

Já em segundo grau, a juíza relatora Denise Hammerschmidt alterou a sentença aumentando o valor da indenização para R$ 4 mil.

O valor será acrescido com juros de mora de 1% ao mês desde a citação, além da correção monetária.

VIU ISSO?

–> Usuários relatam ‘pane’ na TIM; Operadora se posiciona

–> Clientes TIM Live serão obrigados a migrar de plano

–> TIM esclarece cobrança por velocidade reduzida no TIM Beta

“A situação é da maior gravidade, pois gera cobranças indevidas, por serviço cancelado, que se não fossem pagas acarretariam na inscrição do consumidor em cadastro de proteção ao crédito”, diz a magistrada.

Inicialmente, o juiz de primeira instância havia condenado a TIM a restituir as quantias cobradas indevidamente. Já a juíza de segunda instância definiu que a quantia de danos morais já engloba esses valores.

Com informações de Tribunal de Justiça do Paraná e Tecnoblog.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Vinícius Guerra

A TIM deveria ser punida com milhões de reais, se fosse nos Estados Unidos ou na Europa, causaria um sério transtorno a imagem da operadora.

Mas as empresas no Brasil, sempre alegam ” erro sistêmico ” como desculpa, cabem aos magistrados serem mais rígidos, afinal, isso prejudica e muito o consumidor.

Toda empresa precisa ter funcionários bem treinados e capacitados, além de sistemas mais modernos para controle de baixa também nos cancelamentos de serviços.

Cidade - UF
Rio de Janeiro