Expansão do Oi Fibra não será afetada pelo surto de coronavírus

Operadora adotou medidas de contenção do Covid-19 que afetam atividades do negócio da companhia e serviços oferecidos aos clientes.

Diante da emergência do coronavírus no Brasil, a Oi lançou uma série de medidas para garantir a oferta dos serviços de comunicação para aqueles que estão em quarentena ou vão trabalhar em casa.

Considerado como um ativo estratégico, a Oi não pretende interromper a expansão do seu serviço de banda larga por meio de fibra óptica. Mesmo com o surto de coronavírus, a companhia pretende reforçar os plantões de implantação, reparo e manutenção do Oi Fibra.


Além de garantir internet de alta velocidade para a população, a operadora também está avaliando ampliar o acesso aos conteúdos disponibilizados pelas autoridades sanitárias, incluindo franquia gratuita de dados para determinadas URLs prioritárias.

A Oi também disponibilizará de forma gratuita o envio de mensagens de texto com informações governamentais para seus usuários.

VIU ISSO?

–> Operadoras vão enviar alertas para a população sobre o coronavírus

–> Dia difícil na Bolsa reflete nas ações das operadoras

–> Prédio da TIM é evacuado por conta do coronavírus

Oi TV

Como anunciado no fim de semana pelo Minha Operadora, a Oi TV liberou o sinal de vários canais, até 28 de março, para clientes de todo o país. A ideia é reforçar o entretenimento doméstico, para aqueles que terão que ficar em casa.

As emissoras abrangem diversos gêneros, para atender os gostos de todos os clientes. São eles: A&E, AXN, Cinemax, Comedy Central, E!, H2, Lifetime, Nick, Nick Jr, Paramount, Sony, VH1 Megahits e os canais Telecine.

Políticas internas

Com relação aos seus colaboradores, parceiros e fornecedores, a operadora reduziu o número de viagens corporativas, cancelou eventos internos e a participação em externos, bem como pretende estimular o trabalho remoto a partir da próxima semana.

Para aqueles funcionários que apresentem os sintomas, eles serão isolados em suas residências por pelo menos 14 dias.

Prédios estão sendo higienizados e grávidas contarão com procedimentos específicos. Já nos trabalhos de instalação externa do Oi Fibra, a empresa está orientando técnicos a utilizarem boas práticas sanitárias, como o uso de máscaras.

A empresa também desenvolveu em sua intranet um canal de informações com dicas de higiene, medidas preventivas e potenciais sintomas. Os colaboradores têm um canal de comunicação interno em que podem tirar dúvidas e solicitar avaliação médica ou afastamentos.

Outras medidas

O acesso de informações por meio do Minha Oi, Técnico Virtual e Joice também foi ampliado. Em breve, deve ir ao ar o Oi Comunica, site que vai reunir todas as medidas e procedimentos adotados.

A operadora pretende reavaliar diariamente as medidas, para alinhá-las com as demais empresas do setor, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e órgãos de saúde. Para isso, a Oi criou um comitê especial de acompanhamento multidisciplinar para gerar ações integradas e de maior alcance.

O Oi Futuro, instituto da operadora que atua em projetos de responsabilidade social, também suspendeu todas as atividades em seu centro cultural e no Musehum (Museu das Comunicações e Humanidades) a partir deste sábado.

Com informações de Assessoria de Imprensa Oi.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Cesar

Onde é que a Oi tá instalando essa fibra ninguém sabe… No interior da Bahia, por exemplo, nenhuma cidade tem Oi fibra.

Cidade - UF
BA
igorliger

interior so chega tudo depois, aqui em salvador só chegou em novembro, to com 5 meses usando aqui, a oi com fibra é boa demais, sem travamentos ou lags.

Cidade - UF
Salvador BA
igorliger

esse tipo de coisa aí eles expandem em áreas de alta densidade populacional, primeiro nas capital em locais com muitos prédios, comércios, apartamentos e alto poder aquisitivo, depois na periferia da cidade, depois vai pro interior, se tiver retorno pra eles, tipo, interior de 5/10mil habitantes acho q vai demorar pra chegar mesmo

Cidade - UF
Salvador BA
psn diego21rj

Aqui no bairro de colégio no RJ, eles nem migram para fibra e nem entregam a velocidade contratada no cobre , praticando certo tipo de estelionato, pq fazem a promessa de migrar p fibra p vc contratar o serviço de cobre , mas a fibra nunca chega , propaganda falsa e enganosa para te prender na fidelidade , fora os técnicos que não gostam muito de trabalhar

Cidade - UF
Rio de janeiro