Monitoramento via geolocalização de celular é vetado

Presidente Jair Bolsonaro pediu para suspender e alegou que o governo ainda precisa estudar o tema; entenda.

Ilustração - Localização
Imagem: Pixabay

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, Jair Bolsonaro vetou o monitoramento por geolocalização. A iniciativa seria mais uma de combate ao novo coronavírus, já que o poder público teria a possibilidade de identificar como a população se desloca, formação de multidões e outros dados para evitar altos níveis de contágio.

O pedido de suspensão foi feito no sábado, 11 de abril e tudo indica que as operadoras de telefonia já estavam avançadas com o projeto e haviam enviado um memorando de entendimento para Marcos Pontes, ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.


Segundo o presidente, há riscos para a privacidade dos brasileiros, mesmo que o projeto tenha uma aprovação da Advocacia-Geral da União.

VIU ISSO?

–> Ligação do governo vai identificar infectados pelo COVID-19

–> Monitoramento de celular já entrega ‘abandono’ de isolamento social

–> Governo vai rastrear celulares com a ajuda das operadoras

O que se sabe até aqui é sobre um fornecimento de dados voluntários das operadoras, obtidos pelas redes móveis. Qualquer informação sobre outro que envolva geolocalização, comandado pelo governo federal, é novidade até então.

Uma tecnologia similar na Coreia do Sul, que tem as menores taxas de mortalidade pelo COVID-19. Por lá, o monitoramento foi tão profundo que era possível até mesmo identificar se a pessoa cruzou com algum infectado pelo coronavírus em seu caminho rotineiro.

O tema foi melhor abordado na última reportagem especial do Minha Operadora. Confira:

Com informações de O Globo

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários