Record, SBT e RedeTV querem comprar FOX Sports

Valores são mantidos em sigilo e as ofertas ainda serão analisadas pelo CADE.

Logotipo FOX Sports
Imagem: Logotipo FOX Sports

Os canais FOX Sports vivem um verdadeiro drama no Brasil. Tudo por conta da compra da marca principal pela Walt Disney.

A gigante do entretenimento já detém o canal ESPN por aqui, portanto, não poderá permanecer com dois concorrentes dentro de um mesmo grupo empresarial.


Afinal, a concentração dos direitos de transmissões esportivas no país aumentaria na mão de uma determinada empresa, caso ela detenha duas emissoras com importante atuação no segmento.

Por conta disso, a companhia tenta, junto ao CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), aprovar uma unificação das duas emissoras.

Mas a iniciativa não é uma certeza nem mesmo para os executivos responsáveis pela FOX e Disney. Portanto, a venda dos canais FOX Sports não é descartada.

Com isso, três grandes emissoras de TV aberta entram na disputa pelos dois canais: SBT, Record e RedeTV!.

VIU ISSO?

–> Canais Fox serão extintos do Brasil após fusão com a Disney

–> Compra da Fox pela Disney será analisada novamente pelo Cade

–> Globo, FOX, Disney e Turner são investigadas pelo Cade

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

A propósito, as três compõem o grupo societário Simba, que entrou em uma ferrenha e fracassada disputa contra as TVs por assinatura em 2017.

A compra da FOX pela Disney movimentou R$ 71,3 bilhões e só foi aprovada no Brasil com a condição de que os canais FOX Sports fossem vendidos, pela já existência da ESPN.

O ideal é que o mercado de TV paga fique configurado entre três grandes forças competitivas: SporTV/Premiere, FOX Sports e ESPN.

É isso que atrasa a possível aprovação de uma fusão entre os dois canais que agora são de propriedade da Disney. A revisão do processo.

A corretora de ações BTG Pactual, assim como o conglomerado catalão Mediapro são favoritos para a aquisição. O segundo gerencia os direitos de transmissão da Champions League.

Com concorrentes de peso na disputa, SBT, Record e RedeTV ficam em desvantagem por serem as menos capitalizadas.

Com informações de Notícias da TV (UOL)

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários