RecargaPay teve mais de 350 reclamações em 2 dias

Mudanças de preços e regras no serviço de assinatura da plataforma não agradaram consumidores.

Divulgação RecargaPay
Imagem: Divulgação RecargaPay

Os consumidores realmente não ficaram felizes com as últimas mudanças no RecargaPay. Prova disso é que a página do aplicativo no site Reclame Aqui recebeu mais de 350 reclamações em apenas dois dias.

Entre os motivos mais alegados estão: propaganda enganosa, quebra de contrato e descumprimento de oferta.


A plataforma começou como uma solução digital para recargas de smartphone e, aos poucos, evoluiu para uma carteira digital. Tal como PicPay e outros serviços.

Pelo aplicativo, é possível pagar e parcelar boletos com o cartão de crédito, fazer recarga de celular, entre outros serviços, mas para tudo há um limite.

O RecargaPay, por exemplo, permite pagamentos de até R$ 1 mil por mês sem taxas. Se passar disso, o usuário paga 2,99% por cada transação.

VIU ISSO?

–> Mudanças no RecargaPay geram insatisfações nos usuários

–> RecargaPay cai e deixa milhares de usuários sem cupom de desconto

–> Claro diminui taxa de comissão das recargas e afeta aplicativos

No entanto, a startup oferece assinaturas que aumentam o limite de pagamentos sem cobrança de taxas por isso. Com o Prime+, o consumidor consegue pagar até R$ 3.000 por mês, entre outros benefícios.

Mas é aí que mora o problema, já que muitos assinaram por R$ 9,90 mensais, com um limite de R$ 5.000 e a empresa alterou o valor para R$ 14,99 e reduziu o valor máximo para pagamentos mensais.

O conflito, inclusive, foi abordado recentemente aqui no Minha Operadora, quando diversos usuários utilizaram as redes sociais para manifestar a insatisfação.

Renato Camargo, diretor de marketing da empresa, justificou que a mudança ocorreu por conta de ajustes internos e não será possível revelar mais detalhes.

O empresário destaca que tudo ocorreu de acordo com as leis de proteção ao consumidor e se alguém se sentir lesado, terá o dinheiro devolvido.

Com informações de ISTOÉ Dinheiro

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

10
DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, FAÇA LOGIN para comentar
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Juninho
Colaborador

Ou seja; Ou aceita ou cai fora!
Foi isso em outras palavras que o diretor de marketing falou.

Cidade - UF
Brasília SP
Jefferson
Colaborador
Jefferson

App burocrático pra pagar uma simples conta. Tem que mandar comprovante e esperar o dinheiro cair e tal.
O da CAIXA dá 10×0 nesse aí, não sei como tem gente que paga mensalidade disso.

Cidade - UF
Recife - PE
Ueritom Ribeiro Borges
Colaborador

Sem falar que antigamente eles tinham muito mais promoções de recargas e cashbacks de pagamentos.

Cidade - UF
São José/SC
Rodrigo Dias
Colaborador

E olhe que o app da Caixa é muito mal otimizado. Imagina se fosse.

No app da Caixa, se tu quiser consultar o saldo, sei lá, as 2 da manhã, não consegue. O negócio só funciona no horário comercial

Cidade - UF
Gravataí/RS
Vinícius Guerra
Colaborador

O brasileiro também é um povo muito acomodado, nunca vi igual. Se está ruim, não atende as necessidades do cliente, muda de serviço, empresa, simples assim!

Eu uso PicPay a mais de 6 meses e nunca tive nenhum dissabor, tenho até cartão deles, já fiz vários pagamentos por boleto, funciona bem, recebo pagamentos através dele, hoje muitas pessoas usam. Se o Recarga Pay não serve, use o PicPay, pelo menos até hoje, nunca me desapontou, saco dinheiro e recebo em poucas horas na minha conta. É o melhor serviço de pagamentos do Brasil.

Cidade - UF
Rio de Janeiro
Ueritom Ribeiro Borges
Colaborador

Por enquanto, pelo menos. Espero que eles não comecem a “inventar moda” como o RecargaPay tá fazendo.

Cidade - UF
São José/SC
Luis Carlos
Colaborador
Luis Carlos

Já Já inveta alguma coisa para cobrar kkk

Cidade - UF
Osasco - SP
Jose De Carvalho
Colaborador
Jose De Carvalho

Estão dizendo que picpay é melhor ? Pode ser bom ,mas minha conta foi clonada e se foi mil reais na conta de alguém que nem conheço , o sistema de segurança do picpay é menos seguro do que do recarga pay

Cidade - UF
Araraquara
Elielson Rodrigues
Colaborador

Os valores para pagar com o cartão de crédito são de acordo com o cadastro.Eu assinei o Prime mais e não me autorizaram a fazer nem 3mil, embora subtendia se que poderia até 5mil no mês passado.Este mês mesmo continuando com a assinatura não me liberaram nenhum valor.Uma amiga após carregar com dinheiro não conseguiu pagar boleto nenhum boleto e no outro dia responderam que estava bloqueado para pagar boletos digitais e deveria pagar boletos comuns…

Cidade - UF
Belém PA
Rosângela Maria Liboni
Colaborador
Rosângela Maria Liboni

O Diferencial do recargapay é que ele paga o uma bonificação por cada conta que você identifica nele, mas eu concordo com o limite porque para consumidor pessoa física 3mil de conta mensal pago por mês é o suficiente , mas que pode ser pessoa jurídica. E pagando o primie+ ganha a máquina e pode receber contas de outras pessoas no crédito e ganhar no parcelamento

Cidade - UF
Campinas-sp