Operadoras ganham o direito de escolher o valor de suas tarifas

Conselho Diretor da Anatel aprovou por unanimidade a liberdade tarifária em ligações telefônicas.

Imagem: Miryam León/Unsplash

Na última quinta-feira, 26, o conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou por unanimidade a liberdade tarifária nas chamadas interurbanas de longa distância nacional.

A partir de uma consulta pública realizada no ano passado, o relator do processo, o conselheiro Emmanoel Campelo, chegou à conclusão de que o mercado de telefonia fixa em chamadas interurbanas se encontra em um patamar competitivo.


Na prática, Claro, Algar, Oi, Vivo e Sercomtel, poderão escolher os valores cobrados dos usuários nas ligações, sem a necessidade de uma prévia autorização do órgão regulador.

A medida reflete a nova Lei Geral das Telecomunicações, que abriu a possibilidade de liberdade tarifária em serviços prestados em regime público, caso exista uma ampla e efetiva competição entre as operadoras.

VIU ISSO?

–> Operadoras pedem quarentena regulatória para Anatel

–> Anatel vai lançar aplicativo que compara planos de operadoras

–> Presidente da Anatel defende menos punições para as operadoras

Com a decisão, a Anatel espera que as concessionárias possam oferecer preços melhores, de acordo com a demanda do mercado. Entretanto, caso a agência verifique práticas abusivas por parte das operadoras, o regime pode ser suspenso a qualquer momento.

Desde 2014, as empresas de telefonia fixa podem escolher o valor de suas tarifas nas chamadas de longa distância internacional. Já as ligações locais, ainda dependem da Anatel autorizar o reajuste em tarifas.

Com informações de Anatel.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários