Unifique ultrapassa a marca de 200 mil clientes

Operadora regional aumentou faturamento em 35% no último ano e pretende lançar serviço móvel em 2020.

Foto: Divulgação/Unifique

A Unifique, operadora sediada em Timbó — SC, está comemorando os bons números. Em 2019, a operadora conseguiu aumentar o seu faturamento em 35%, dobrar o crescimento orgânico de ativações e ultrapassar a marca de 200 mil em Santa Catarina.

A operadora também atingiu a meta de encerrar o ano com mil funcionários, além de ampliar a sua rede de fibra óptica para mais de 10 mil quilômetros.


Segundo a Pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em 2018, a Unifique foi eleita a melhor empresa de banda larga de Santa Catarina e a terceira do país — ficando atrás da Copel e Brisanet. A pesquisa de 2019 ainda não foi divulgada.

“Estamos próximos do nosso público, algo até meio fora dos padrões das Telecom. Além disso, oferecemos serviços preventivos de manutenção, de forma que cliente não precisa esperar algo acontecer para irmos até ele. Estabelecemos um relacionamento de confiança”, explica Jair Francisco, diretor de mercado da Unifique.

VIU ISSO?

–> Operadora lança central telefônica virtual

–> Unifique compra provedor de banda larga em Santa Catarina

–> Unifique lança IPTV e aposta em novos serviços

Para os próximos dois anos, a companhia pretende investir R$ 400 milhões na ampliação da rede onde ela já atua, nas mais de 130 cidades catarinenses e outras 3 no Paraná. A ideia é implantar a infraestrutura de Fiber to the Home (FTTH), para levar telefonia fixa, internet banda larga e TV para seus clientes. O objetivo é levar o seu serviço para um milhão de residências até 2025.

Para 2020, a empresa pretende lançar o seu serviço de telefonia móvel.

Com informações de Assessoria de Imprensa Unifique.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de