Ligações de banco já podem ser bloqueadas

‘Não me Perturbe’ para barrar incessantes ofertas de crédito consignado começou a valer nesta quinta-feira, 2.

Desde que a iniciativa “Não me Perturbe” fez sucesso, parceira da Anatel com a operadoras de telefonia brasileiras, era visível de que a ação se estenderia para outros segmentos. Agora chegou aos bancos.

Aposentados e pensionistas que não querem mais receber ligações com oferta de crédito consignado podem cadastrar seus números de telefone fixo ou móvel ligados ao CPF. Assim, será feito o bloqueio de todas as ligações realizadas.


Os bancos terão um prazo de 30 dias para interromper ligações dos interessados em não receber mais. O link para cadastro ficará disponível no site das 23 instituições financeiras, que representam 98% do volume da carteira de crédito no Brasil.

A medida, que entra em vigor nesta quinta-feira, 2, foi elaborada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Associação Brasileira de Bancos (ABBC) e Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon).

VIU ISSO?

–> Não Me Perturbe já tem quase 2 milhões de números cadastrados

–> Claro desrespeita bloqueio de telemarketing e leva multa milionária

–> Rio de Janeiro lança sistema de bloqueio de ligações indesejadas

E não vai parar por aí. A Autorregulação quer adotar ainda outras medidas de proteção, que é desestimular a oferta de crédito consignado. Assim, correspondentes estarão proibidos de serem remunerados em casos de refinanciamentos ou portabilidades.

Os bancos que aderiram a Autorregulação do Crédito Consignado foram: Agibank, Alfa, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Banrisul, Barigui, Bradesco, BM, BRB, Caixa, Cetelem, CCB, Daycoval, Estrela Mineira, Inter, Itaú, Mercantil, Pan, Paraná Banco, Safra, Santander, Sicredi e Votorantim.

Correspondentes serão avaliados pelas reclamações feitas nos canais internos, sites como consumidor.gov, além do registro no Banco Central e Procons. Ações judiciais também serão levadas em conta.

O cadastro pode ser realizado pela mesma plataforma do “Não me Perturbe”: naomeperturbe.com.br

Com informações de Metrópoles

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários