Claro vai começar a competir com bancos

Operadora quer aumentar seu catálogo de serviços e passará a trabalhar com Bitcoin e criptomoedas.

Ilustração Claro e Bitcoin
Imagem: Aleksi Räisä (Unsplash)

Será que as operadoras se preparam para um futuro onde não conseguirão sobreviver de telecomunicações, ou a ideia é apenas expandir o campo de atuação para segmentos diversos?

Em qualquer uma das opções, a Claro (BMV: AMXL) se prepara para competir com os bancos tradicionais. A prestadora pretende lançar serviços baseados em criptoativos.


No mercado, a Vivo (VIVT3), que é a principal concorrente, já trabalha com esse tipo de demanda e disponibiliza empréstimos para seus usuários. No entanto, os valores são cedidos pelo banco Digio, controlado pelo Bradesco e Banco do Brasil.

Os serviços financeiros que a Claro vai disponibilizar terão o Banco Inbursa por trás, entidade que também pertence ao bilionário Carlos Slim, dono da América Móvil, controladora da operadora.

VIU ISSO?

–> Claro vai indenizar cliente por ‘desvio produtivo’

–> Claro faz holograma em demonstração 5G

–> NOW, da Claro NET, ainda se destaca mas não é imbatível

Portanto, a empresa poderá fazer frente aos tradicionais bancos brasileiros com a sua proposta, diferente da concorrente Vivo.

Mas não são apenas empréstimos e seguros que são cogitados nas mesas de reunião da operadora. A ideia é atender clientes desbancarizados e aproveitar o potencial do Bitcoin e das criptomoedas para chegar no mercado.

Mauricio Santos, diretor de soluções e produtos financeiros da Claro, vê muito potencial na atuação. Ele explica que esse mercado vai mudar muito nos próximos anos e uma parcela da população já não utiliza bancos.

Parte só tem o cartão do Bolsa Família e usa uma vez por mês no saque do benefício. (…) Vemos potencial para diferentes áreas como seguros, meios de pagamentos, educação financeira, criptomoedas e bancos digitais”, destacou o executivo.

A curiosidade surge, mas tudo ainda é um mistério, já que a Claro não revelou qual será o plano de atuação e os produtos lançados para o mercado de criptoativos. A companhia pesquisa sobre o uso de blockchain e criptomoedas desde 2018.

Com informações de Cointelegraph Brasil

COMPARTILHAR EM:

COMENTÁRIOS MAIS BEM AVALIADOS DO MÊS

55

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

é um chip degustação, esperava o que? rs
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

48

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

dados atualmente não são problemas para as grandes operadoras, e mesmo assim, mta gente não se sente satisfeito, pois a escolha depende de outros fatores tbm. Ex: Oi oferece pacotes gigantescos de dados e sinal ruim…outras não se sentem bem atendidos, ou enfrentam problemas diversos…esses dias o vivo easy prime deu um BO impedindo que fosse realizado chamadas, Claro Flex tem um plano maravilhoso e um aplicativo péssimo…todas tem prós e contras, e cada consumidor tem uma medida do que é mais importante pra si mesmo.
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

42

Consumidor presta queixa contra comercial de Vivo Fibra

Meu deus do céu. Esse povo tá chato demais. Essa geração mi-mi-mi tá um saco.
  • 20/06/2020 by Tauan Fontoura

36

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

A Tim só tem um pouco mais de vantagem no pré pago, devido ter Facebook Twitter e Messenger e whatsapp, agora se começar a regular uso, com certeza a Claro vai ser o melhor plano. Tenho e não troco por nenhuma.
  • 02/07/2020 by Roberto Ramos

36

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

O TIM Black e os planos controle também sofreram essas medidas. Isso vai fazer a Claro roubar os clientes da TIM.
  • 02/07/2020 by Jefferson Rodrigues

COMENTÁRIOS RECENTES DE TODO O SITE

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Valter Piovani

20 dias para fazer uma simples portabilidade de celular, imagina para fazer uma transferência bancária …….

Cidade - UF
SÃO PAULO