Claro vai indenizar cliente por ‘desvio produtivo’

Defesa falha da operadora favoreceu o cenário da consumidora, que recebeu um serviço instável.

Ilustração
Imagem: Public Domain Pictures

A Claro foi condenada a pagar uma indenização de R$ 4 mil para uma consumidora, além de R$ 2 mil com honorários do advogado responsável pela ação, Rogério Rodrigues. O processo foi movido por uma moradora de Goiânia, que contratou serviços de telefonia e internet, mas sofreu com falhas frequentes por parte da operadora.

O advogado explica que a prática da operadora pode ser considerada como propaganda enganosa e fere o Código de Defesa do Consumidor. Os problemas vão de inconstância no sinal até a indisponibilidade da rede de dados e outros.


Rogério conta que a cliente tentou soluções com a própria operadora por várias vezes, mas não obteve sucesso e isso a levou para a Justiça. Ou seja, configurou uma perda de tempo útil, produtivo e existencial. Por isso, há o pedido por indenização de danos morais por desvio produtivo.

VIU ISSO?

–> Claro informa clientes sobre junção com a Nextel

–> Claro lança plano pré-pago mensal com 6GB por R$ 19,99

–> Procon determina abertura de canais abertos na Claro TV

Na decisão, o juiz Carlos Magno Rocha da Silva, da 14ª Cível e Ambiental de Goiânia, considerou o pedido procedente. Ele argumenta que a prestadora deveria ter resolvido a falha assim que recebeu o contato da consumidora. No caso, há um descumprimento contratual por parte da Claro.

Em sua defesa, a operadora alegou que oferecia cobertura de internet e telefone para a região da cliente e apresentou documentos, mas o endereço que constava nos papéis era diferente do da consumidora.

Portanto, além dos danos morais, foi determinado que a Claro providencie a cobertura para atender a região, no prazo máximo de um ano. A oferta de serviços na qualidade do que é divulgado em suas propagandas precisa ser garantida.

Com informações de Justiça em Foco

COMPARTILHAR EM:

COMENTÁRIOS MAIS BEM AVALIADOS DO MÊS

55

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

é um chip degustação, esperava o que? rs
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

48

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

dados atualmente não são problemas para as grandes operadoras, e mesmo assim, mta gente não se sente satisfeito, pois a escolha depende de outros fatores tbm. Ex: Oi oferece pacotes gigantescos de dados e sinal ruim…outras não se sentem bem atendidos, ou enfrentam problemas diversos…esses dias o vivo easy prime deu um BO impedindo que fosse realizado chamadas, Claro Flex tem um plano maravilhoso e um aplicativo péssimo…todas tem prós e contras, e cada consumidor tem uma medida do que é mais importante pra si mesmo.
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

42

Consumidor presta queixa contra comercial de Vivo Fibra

Meu deus do céu. Esse povo tá chato demais. Essa geração mi-mi-mi tá um saco.
  • 20/06/2020 by Tauan Fontoura

36

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

A Tim só tem um pouco mais de vantagem no pré pago, devido ter Facebook Twitter e Messenger e whatsapp, agora se começar a regular uso, com certeza a Claro vai ser o melhor plano. Tenho e não troco por nenhuma.
  • 02/07/2020 by Roberto Ramos

36

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

O TIM Black e os planos controle também sofreram essas medidas. Isso vai fazer a Claro roubar os clientes da TIM.
  • 02/07/2020 by Jefferson Rodrigues

COMENTÁRIOS RECENTES DE TODO O SITE

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Cristina Yuriko Oyafuso

Reinvindicar direitos pode ser desgastante mas se todos se dessem ao trabalho de lutar por seus direitos, creio que teríamos prestação de serviços mais decentes nesse país. E não ficaríamos sempre com a sensação de estarmos sendo enganados.

Cidade - UF
São Paulo