Caixa da Oi retraiu R$ 373 milhões em novembro de 2019

Resultados foram apresentados no relatório do Escritório de Advocacia Arnold Wald, administrador da recuperação judicial da operadora.

Ilustração Oi
Imagem: Unsplash

Na noite da última quinta-feira, os resultados da Oi (OIBR3 / OIBR4) referentes ao mês de novembro de 2019 foram apresentados. A análise ficou a cargo do Escritório de Advocacia Arnold Wald, administrador do processo de recuperação judicial da operadora.

Entre os números, destaca-se a geração de caixa operacional líquida, que foi negativa em R$ 375 milhões. O saldo final do caixa financeiro retraiu em R$ 373 milhões e ficou com um total de R$ 2.239 milhões.


No comparativo com outubro, a retração é menor, pois no mês anterior o registro foi de R$ 448 milhões, mas o total fechou em R$ 2.612 milhões.

Já os investimentos da operadora carioca chegaram no patamar de R$ 596 milhões e tiveram outra queda em comparação com o mês anterior, que chegou em R$ 881 milhões.

VIU ISSO?

–> Prejuízo da Oi cresce 330% em relação a 2018

–> Venda da Oi começa a repercutir no Cade

–> Oi deve embolsar US$ 1 bilhão ainda em janeiro

A explicação é de que tudo segue dentro do planejamento da empresa. O plano de expansão da fibra ótica, assim como a ampliação da rede móvel para melhorar a experiência dos usuários segue em ação, por exemplo.

Na parte de pagamentos, a primeira parcela do 13º de funcionários que começaram a trabalhar na Oi ainda em 2019, assim como a menor compensação de créditos fiscais resultou no aumento do valor, que cresceu R$ 98 milhões e fechou em R$ 1.791 milhões.

Os últimos dias foram de alvoroço em torno da marca, devido a venda da participação da empresa na angolana Unitel, negociação que deve gerar US$ 1 bilhão para o caixa da companhia.

Com a soma da venda de ativos e outras captações, é esperado que a Oi acumule cerca de R$ 8 bilhões no primeiro trimestre de 2020. Valor que pode ser essencial para sua sobrevivência.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de