Anatel homologa novo celular 5G

Atualmente, 19 aparelhos compatíveis com a tecnologia podem ser comercializados no país.

Anatel homologa novo celular 5G

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) homologou no mês passado um novo smartphone compatível com a tecnologia de rede de nova geração, o “Redmi Note 10 5G”, da Xiaomi.

Depois do Mi 10T Pro, este é o segundo aparelho 5G homologado no país pela fabricante chinesa.

Lançado em março passado, na China, o aparelho ainda não tem data oficial para lançamento no Brasil.

Quanto ao preço, também não há um valor anunciado, mas a expectativa é que ele seja mais acessível do que outros modelos da marca.

VIU ISSO?

–> Smartphone Xiaomi Mi 10 resiste após ser esmagado por um ônibus

–> Smartphone da Xiaomi chega com câmera inovadora

–> Xiaomi quer começar a fazer ‘carros elétricos’

O Redmi Note 10 5G conta com o processador Dimensity 700 MediaTek (MT6833), 4GB de RAM, memória expansível de 128GB, sistema Android 11 MIUI 12, bateria de 5000 mAh e câmera de 48 megapixels, com a possibilidade de gravar vídeos em 4K.

Outros modelos 5G

Até o momento, 19 aparelhos 5G já foram homologados pela Anatel.

A Samsung é a que tem mais aparelhos autorizados, sendo oito no total: Galaxy A32, Galaxy Z Fold 2 5G, Galaxy S20 FE 5G, Galaxy S21, Galaxy S21+, Galaxy S21 Ultra 5G, Galaxy Note 20 5G e Galaxy Note 20 Ultra 5G.

Em seguida, aparecem a Motorola com quatro aparelhos – Lenovo L79031, Motorola Edge, Motorola Edge e Moto G 5G – e a Apple também com quatro – iPhone 12, iPhone 12 mini, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max.

Além dos dois aparelhos da Xiaomi (Mi 10T Pro e Redmi Note 10 5G), a Asus homologou o Zenfone 7.

O Redmi Note 10 5G foi o único aparelho com suporte à conexão de quinta geração a ser homologado pela Anatel em março de 2021.

Vale ressaltar que a homologação do aparelho não significa necessariamente que ele será comercializado no país.

5G no Brasil

Enquanto o leilão de frequências não é realizado, as operadoras estão oferecendo redes 5G utilizando a tecnologia DSS em determinados bairros de várias cidades pelo país.

A Claro, por exemplo, disponibiliza o 5G DSS em algumas regiões de 14 cidades: São Paulo, Campinas, Guarulhos, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano e Santos, no estado de São Paulo; Rio de janeiro, no Rio de Janeiro; Manaus, no Amazonas; Brasília, no Distrito Federal; Rio Verde, em Goiás, São Luiz, no Maranhão; Belém, no Pará; e Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

A TIM iniciou o piloto de testes do 5G DSS em São Paulo/SP, Rio de Janeiro/RJ, Curitiba/PR, Brasília/DF e Belo Horizonte/MG, além de testes com banda larga móvel em Bento Gonçalves/RS, Três Lagoas/MS e Itajubá/MG.

Já a Vivo anunciou que ativaria a rede em alguns pontos de São Paulo/SP, Salvador/BA, Brasília/DF, Rio de Janeiro/RJ, Porto Alegre/RS, Goiânia/GO, Curitiba/PR e Belo Horizonte/MG.

Com informações de Teleco.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários