Claro aumenta dados móveis no pós-pago sem custo

Operadora mudou seu portfólio sem custo adicional para o cliente; entenda.

Imagem: Divulgação Claro

Os consumidores da marca ou futuros clientes da Claro tiveram uma boa notícia nos últimos dias. A operadora reformulou seu portfólio, mas a grande novidade aqui é: a empresa acrescentou sem aumentar o valor pago pelos clientes.

A beneficiada foi a internet móvel disponibilizada para os usuários. O plano pós-pago mais simples, anteriormente com 7 GB, ganhou um upgrade e agora disponibiliza 8 GB para os clientes pelos mesmos R$ 119,99 mensais.


Ele não é o único. As opções com 30 GB e 50 GB também aumentaram e agora oferecem 50 GB e 100 GB por R$ 259,99 e R$ 399,99, respectivamente. Todos possuem WhatsApp, Instagram e Facebook sem descontar da franquia, mais dados extras para vídeos da Netflix e YouTube.

Entre as opções que não passaram por mudanças estão os pacotes com 10 GB e 15 GB, que seguem com o custo de aproximadamente R$ 139,99 e R$ 179,99, com as possíveis variações de preço entre estados e na escolha entre boleto físico, digital, débito automático e fidelização.

Todos os planos citados contam com ligações limitadas para qualquer operadora e SMS. A internet é liberada também para Waze, Cabify e Claro Música.

A quantidade de dados móveis disponibilizada para o consumidor dobra e metade fica como exclusiva para a reprodução de títulos em aplicativos como YouTube, Netflix, NET Now e Claro vídeo.

VIU ISSO?

–> Claro lança plano pré-pago mensal com 6GB por R$ 19,99

–> Claro net tv anuncia novo canal na grade

–> Procon faz acordo que beneficia clientes da Claro TV

O pré-pago também foi vítima do novo posicionamento da operadora. O Prezão semanal, por exemplo, agora conta com 3 GB de dados móveis por semana, se levarmos em conta o bônus semanal obtido. Portanto, o cliente pode obter 12 GB por R$ 39,96.

Há uma opção com 6 GB mensais por R$ 34,99, com a possibilidade de ser ainda mais barato de acordo com a região do consumidor (R$ 19,99). As opções pré-pagas também contam com chamadas ilimitadas e WhatsApp sem descontar da franquia.

Mas, por qual motivo a Claro fez essa mudança tão benéfica para o consumidor? A respostas é simples, aumentar a competitividade.

A Oi, por exemplo, mostrou crescimento no pós-pago e segue com seu plano de 50 GB por R$ 99,90 mensais com até Netflix sem descontar da franquia. Já a TIM disponibiliza 50 GB por R$ 249,99, quase a mesma oferta que a Claro.

A Viv possui um plano com 50 GB, que pode sair a R$ 429,99 por mês.

Em seu favor, a Claro possui ainda o passaporte Américas, que possibilita o uso do plano em 18 países das Américas, além do Passaporte Mundo, disponível no pacote com 100 GB, que cobre 80 países.

Com informações de Tecnoblog

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

4
Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Jean Michel Skaleé
Colaborador
Jean Michel Skaleé

Somente o presidente da Tim que pensa diferente!!!

Cidade - UF
Marechal Candido Rondon -PR
Helliton Soares Mesquita
Colaborador

Nem sei dizer o que o presidente da TIM quis dizer. Concentração de mercado é ruim pra ele, pois é a terceira empresa no mercado. E em concentração de mercado até a segunda sofre. Acho que ele quer que a concorrência faça menos pressão nele.

Cidade - UF
Rondonópolis - MT
Erick Nilson Silva
Colaborador

Melhor ficar com meu Oi 100 Gb mesmo por 99,90.
Na minah regiao, o 4G da Oi pega bem.

Cidade - UF
Anapolis GO
Fa Garcia
Colaborador

Que boa notícia,vou conferir na minha fatura kkkkkk😁

Cidade - UF
São Paulo