Vivo suspende serviço e se recusa a restaurá-lo, diz usuário

Consumidor está há mais de 2 meses sem internet, telefone fixo e TV por assinatura em casa.

Há algumas semanas, um usuário de Carapicuíba-SP procurou o Minha Operadora para fazer uma reclamação contra a Vivo. O consumidor alega que era assinante dos serviços de internet, telefonia fixa e TV da empresa.

O problema começou quando ele viajou e ficou fora de casa por 4 meses. Ele afirma que no período não recebeu por e-mail as faturas referentes aos meses de março, abril, maio e junho de 2019.


Ao retornar de viagem, ele foi surpreendido com o serviço cortado por falta de pagamento. Ele alega que não poderiam ter cortado o serviço, pois ele não recebeu as faturas para realizar o pagamento.

Mesmo assim, o consumidor entrou em contato com a Vivo para resolver o problema. Ao solicitar o cancelamento das faturas em aberto, a atendente cancelou a proposta inicial de acordo e encerrou de vez o contrato de serviço.

Ao solicitar um novo acordo e a reativação do serviço, a operadora informou que o CPF do usuário não foi aprovado para realizar tal procedimento.

Após reclamação registrada no site consumidor.gov, por meio do Procon SP, a operadora informou que o cliente teve o pedido negado por ter baixa pontuação no sistema Serasa. “Desta forma sua venda não será realizada devido seu Score estar baixo e análise de crédito não liberar seu CPF”, disse a Vivo.

VIU ISSO?
–> Felipe Neto reclama do 4G da Vivo e ganha mais de 10 mil curtidas
–> Vivo é condenada a indenizar cliente por sucessivas faturas erradas
–> Vivo é multada pelo Procon-SP por cobranças indevidas

O Minha Operadora procurou a Vivo para solicitar um posicionamento sobre o caso e se existia alguma forma de resolver o problema. A operadora retornou dizendo que a sua resposta é a que já foi informada no consumidor.gov.

A empresa alegou na plataforma que tentou vários contatos e que “o cliente cria fatos para receber ressarcimentos e reclama de serviços que estava utilizando”. A proposta da operadora é a realização do pagamento de todos os valores em aberto (no valor total de R$ 592,28), para depois verificar a possibilidade de um novo cadastro e a viabilidade do serviço na região.

O consumidor nega que tenha recebido esses contatos ou que tenha solicitado descontos. Diz ainda que a mesma deverá comprovar na justiça tais declarações. “A mesma solicita a exclusão da reclamação sem fundamentos e ainda por cima faz alegações contra um consumidor que busca respaldo perante a lei” diz o consumidor.

Diante do impasse, em 2 de outubro, o usuário ajuizou ação contra a Vivo no Juizado Especial Cível de Carapicuíba-SP.

O cliente segue sem o serviço de TV e telefonia fixa desde que retornou de viagem, em setembro, pois não há outras operadoras que atendem a região. Quanto à internet, ele conseguiu restabelecer o serviço apenas na última sexta-feira, 25, por meio de uma prestadora local de banda larga.

“Eu só procurei o Minha Operadora porque a atendente da Vivo estava inventando que eu estava criando estórias e inverdades para concessão de crédito. Eu achei isso uma falta de respeito não apenas comigo como um consumidor, mas para outras pessoas também. Vai saber se o tratamento nessa malícia não está acontecendo com outras pessoas que estão buscando seu direito nos órgãos de defesa do consumidor” explica o usuário.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

16
Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
13 Número de Comentários
3 Número de Respostas
1 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
16 Autores de comentários
Sander KarvaLeandro GarciaVivo nem MortoOkamotoRoberto Ramos Autores recentes de comentários
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Mario caputo
Visitante
Mario caputo

Ele viaja e nao paga? Tem de cortar, como ele iria pagar se estava em viagem alegando que as faturas nao chegaram? Se ele quizesse pagar poderia ter procurado uma loja Vivo, ou pego na internet, ou indo na loterica apenas informando o numero e pego e pago a conta, este cidadao ta agindo de ma fe

Cidade - UF
Alfenas-MG
Sandro
Visitante
Sandro

Olá amigos, a vivo está me cobrando por por uma fatura que segundo ela mesma não foi gerada pelo sistema. O que ocorre é que cancelei um plano controle na loja física da vivo e no dia recomendado por eles para não gerar fatura seguinte. Liguei no *8486 e eles disseram pra eu não me preocupar(guardei o protocolo), também fui na loja e pedi um comprovante de quitação e eles me deram outro protocolo que comprova que não devo nada. Agora a vivo ameaça negativar meu cpf. Bem, estou esperando por isso…

Cidade - UF
Teresina, Piaui
Vivo nem Morto
Visitante
Vivo nem Morto

É amigo os atendentes são treinados pra mentir e aborrecer so querem vender, doutrina das empresas no seu caso há uma última conta pra pagar quando vc faz o plano vc não paga pra entrar paga pra sair…… Plano controle e fatura fechada, plano pós paga apenas os dias que usou até o dia do cancelamento plano paga proporcional. Evite fidelização e agora a moda.

Cidade - UF
Sp
Jean Michel Skaleé
Colaborador
Jean Michel Skaleé

Normalmente da pra tirar os boletos via internet pra fazer pagamentos.

Cidade - UF
Marechal Candido Rondon -PR
Fábio Murilo
Visitante
Fábio Murilo

Me desculpe o reclamante…hoje qualquer operadora tem vários canais de comunicação para efetuar o pagamento da fatura…4 meses sem pagar ele ele ainda reclama que desabilitou o serviço prestado pela vivo…fala sério.

Cidade - UF
Vila Velha - ES
Henrique Bascar
Visitante
Henrique Bascar

É cabível sim indenização contra a operadora.
Como a operadora alega que o consumidor inventou estórias em um site governamental? Vivo cada dia pior!

Cidade - UF
São Paulo
Andre Felix Rio
Visitante
Andre Felix Rio

E só pegar código de barras ou imprimir a segunda via que resolvia. Agora viajou e não pagou as contas porque não quiz.

Cidade - UF
São Gonçalo RJ
Rogerio Pires
Colaborador
Rogerio Pires

O cliente fica 4 meses “fora” e não toma providência de cancelar temporariamente o serviço; não coloca em débito automático; não solicita fatura via e-mail; em pleno 2019… me desculpe, mas é no mínimo estranho e leva a crer, agir de má fé!

Cidade - UF
Uberlândia - MG
Andrade
Visitante
Andrade

Esse cliente está inadimplente 4 mensalidades, ciente que deve e quer ressarcimento e descontos? Qualquer pessoa séria e honesta sabe dos compromissos, não tem essa postura de ajuizar uma ação mesmo estando errado, mas algumas pessoas se acham espertas e querem ganhar dinheiro indevidamente.

Cidade - UF
DF
Giovana S.
Visitante
Giovana S.

Nenhuma operadora tem a obrigação de ficar notificando que a fatura irá vencer. O envio da mesma é feito de forma digital, fora que há vários meios do assinante adquirir a via da fatura, se caso não recebeu, se preocupa [SUPRIMIDO]! Aí a pessoa vai deixando a água correr, por 4 meses, depois quer fazer graça?!

Cidade - UF
Ribeirão Preto, SP
Alex Br
Colaborador

Cliente pode ter sido desatento as faturas. Porém a Vivo ajiu de má fé no momento q continuou gerando faturas após 30 dias de atraso da primeira fatura não paga. Os serviços devem ser bloqueados totalmente após 30 dias de atraso da fatura, não podendo gerar novas faturas referente ao período que o serviço está bloqueado e indisponível.
Fundamentação Legal: Arts. 90 a 103 da Resolução nº 632/2014 da Anatel.

Cidade - UF
Porto Alegre
Leandro Garcia
Colaborador
Leandro Garcia

A vivo só pode cobrar meses sucessivamente se o cliente tiver com fidelidade e esta fidelidade tiver gerado algum benefício, tipo desconto na fatura, modem com Wi-Fi gratuito. Senão esse artigo citado por você é válido e o cliente independente do motivo 4 meses sem pagamento é cancelado o serviço automaticamente, esse cancelamento pela Vivo é legítimo…

Cidade - UF
São Gonçalo _ RJ
Celso
Visitante
Celso

Desculpem os que pensam em contrário, mas a Vivo não peca pela correção. Já reclamei diversas vezes no site consumidor.gov e eles respondem como se fosse para outro cliente com outro CPF e a reclamação é encerrada. Se tento abrir a reclamação novamente, alegam que não posso reclamar novamente, mesmo eu informando que não obtive resposta para a minha reclamação. Empresa dês.ones.ta. Além do que aumentam os valores sem justificativa, não cumprem o contrato e a fidelidade imposta por eles mesmos. Além disso nunca recebi as gravações dos atendimentos que devem ser fornecidos pelo CDC, também nunca recebi cópia do… Leia mais »

Cidade - UF
São José -SP
Roberto Ramos
Colaborador
Roberto Ramos

Eu estava aqui pensando, já pensou se a moda pega.
Passar 4 meses sem pagar a conta e ainda processar a empresa, eu vou ficar rico logo logo.
Kkkkkk…

Cidade - UF
São Bernardo do Campo - SP
Okamoto
Visitante
Okamoto

Se atrasou cortou agora tem uma razão, Porque a vivo não cortou nos 30 dias. Daí não gera conta acumula, o cliente paga e volta o serviço e interessante que ele pague e volte a funcionar agora se ficou 4 meses que não pagou o contrato cancela por falta de pagamento cliente paga pra limpar o nome e volta a fazer outro Contrato de serviço….. Agora pelo jeito a Dona Vivo não quer mais ele como cliente como há muitos outros. Como só tem ela na região fax gato e sapato se tivesse concorrência fazia milagre…pensa bem.

Cidade - UF
São Paulo SP
Sander Karva
Visitante
Sander Karva

Independente da quantidade de meses o Art 14 do CDC diz que a empresa responde independentemente de culpa. O consumidor pode ter peido a suspensão temporária e a operadora não cumprido. O que não é nenhuma novidade, não é mesmo? E tem que processar mesmo. Eles arrancar dinheiro de tanta gente e ninguém processa eles continuam só a Nextel processei 7 vezes e continuarei processando se assim é de meu direito. Já tenho mais de 33 processos em aberto e continuarei.

Cidade - UF
São Paulo