Receita da Claro cresce 1,7%, mas lucro da América Móvil cai

Controladora da marca viu seu lucro cair em 31% no terceiro trimestre de 2019.

Imagens da Claro em comercial de TV
Imagem: Reprodução YouTube

A notícia é boa ou ruim para a Claro? Depende do ponto de vista. Os resultados do terceiro trimestre de 2019 foram divulgados. O balanço é positivo para a operadora brasileira, mas há queda nos registros da sua controladora.

A América Móvil, dona da Claro, teve lucro de MXN$ 13,03 bilhões (US$ 675,3 milhões convertidos). O que configura uma queda de 31% no comparativo com o mesmo período de 2018. Na mesma base, a receita líquida teve uma alta de 0,2%.


No EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), a gigante espanhola totalizou MXN$ 78,8 bilhões. Um resultado 9,5% maior do que o registrado no ano anterior.

Em um cenário de desaceleração da economia mundial e depreciação cambial, a América Móvil destaca o crescimento da receita, especialmente na parte de serviços, com 2,5%.

VIU ISSO?
Aplicativo Claro Flex é atualizado
Claro Flex agora vende 10GB por menos de R$ 50
Claro aumenta investimentos em fibra ótica

No Brasil, os serviços de telefonia se expandiram 11,1%. A empresa totalizou 1,6 milhão de novos assinantes no pós-pago. A contribuição da Claro para esse número é de 928 mil.

A operadora brasileira, inclusive, comunicou que a sua receita líquida cresceu 1,7% no terceiro trimestre, no comparativo com o mesmo período em 2018.

Já o resultado operacional medido pelo EBITDA registrou uma alta de 1,4%, para R$ 3,5 bilhões de reais. O crescimento da base de pós-pagos da operadora foi de 17,8% em 12 meses. O total é de 56,5 milhões de clientes.

Com informações do G1 e EXAME

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

5
Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
3 Número de Comentários
2 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
4 Autores de comentários
JeffersonRobertoPedro ChaneikoJoão Carlos Nunes Vargas Autores recentes de comentários
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Jefferson
Colaborador
Jefferson

A Claro só começou a ser rentável no móvel, dps q Paulo Teixeira assumiu a presidência.
O cara começou a otimizar processos, aumentar os investimentos e tornou a marca mais agressiva no mercado.
Ainda tem muito o que melhorar, mas quem é cliente antigo como eu, percebe logo a evolução.

Cidade - UF
Recife - PE
João Carlos Nunes Vargas
Colaborador
João Carlos Nunes Vargas

A qualidade no celular você acha que melhorou aí na sua região? Se você costuma viajar, também houve ou não?

Cidade - UF
Porto Alegre/RS
Jefferson
Colaborador
Jefferson

Trabalho viajando em várias cidades de PE e pelo menos aqui a qualidade é boa. Já testei as outras 3 e a Claro se sai melhor.

Cidade - UF
Recife - PE
Pedro Chaneiko
Colaborador

O Presidente Paulo Teixeira é um mago! A Claro vai muito longe. Vivo é cara e a qualidade nao é mais a mesma

Cidade - UF
União da Vitória
Roberto Ramos
Colaborador
Roberto Ramos

Me tornei cliente móvel da claro a mais ou menos 6 meses, e até agora não tenho do que reclamar.
O sinal é bom em todos os lugares que frequento, sem contar a velocidade da internet que é ótima, já consegui um pico de 167mb/s dentro do shopping metropole aqui onde moro.
Muito bom.

Cidade - UF
São Bernardo do Campo - SP