Qualcomm cria fundo milionário para criar novos usos para o 5G

Gigante dos chips dos EUA pretende financiar startups para desenvolver novos dispositivos sem fio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Segundo a Reuters, a Qualcomm montou um fundo de US$ 200 milhões (em torno de R$ 800 milhões) para incentivar empresas inovadoras a expandir o ecossistema 5G. A fabricante está desenvolvendo chips compatíveis com a quinta geração de redes móveis, mas parece não estar interessada apenas no mercado de smartphones.

Em comunicado, Steve Mollenkopf, CEO da Qualcomm, defendeu que a tecnologia 5G tem potencial para transformar indústrias e deve ser vista como estratégica pelas empresas.


“A intenção deste fundo é financiar empresas inovadoras de 5G que estarão prontas para tirar vantagem dos US$ 13,2 trilhões de benefícios econômicos que o 5G proporcionará até 2035”, afirmou o executivo.

Entre as áreas de interesse estão o fornecimento de conectividade em equipamentos industriais e agrícolas ou carros autônomos que se comunicam com a infraestrutura de semáforos e sinais de via.

VIU ISSO?
–> Xiaomi planeja lançar mais de 10 telefones 5G em 2020
–> Rumores indicam que iPhone 12 será o primeiro aparelho 5G da Apple
–> Leilão de 5G poderá ocorrer no segundo semestre de 2020

Desde 2000, mais de 350 startups receberam investimentos da fabricante de chipset, entre elas, a fabricante de smartphones Xiaomi, a empresa de tecnologias vestíveis Fitbit e o aplicativo de geolocalização Waze.

As startups chinesas têm sido os principais beneficiários dos planos de investimento da Qualcomm.

No ano passado, a empresa já havia anunciado um fundo de 100 milhões de dólares para que empresas especializadas em inteligência artificial desenvolvam carros autônomos, robôs e plataformas de machine learning.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários