12/06/2024

Apple deixa de fazer reparo gratuito em tela rachada de iPhone e Apple Watch

Rachaduras com espessura de um fio de cabelo não são mais cobertas pela garantia, e o usuário precisará pagar para substituir a tela.

A Apple aplicou uma mudança na sua política de reparos para modelos de iPhone e Apple Watch nos Estados Unidos. De acordo com fontes ao site 9to5Mac, a fabricante não cobrirá mais rachaduras com espessura de um fio de cabelo, conhecidas em inglês como “single hairline cracks”, em seus termos de garantia.

Imagem: Lukas Gehrer/Pixabay

Agora, para a empresa, a tela trincada é considerada um “dano acidental” e os usuários deverão pagar para substituir. Com isso, a marca deixa de realizar a troca gratuita do componente, mesmo que esteja dentro da garantia de um ano após a compra.

Até então, essa substituição era feita pela Apple sem custo adicional para o usuário, desde que não houvesse nenhum outro feito no aparelho.

A mudança já foi informada para os funcionários das Apple Stores e dos Centros de Serviço Autorizados Apple, para que nesses casos, o prestador de serviços processe como uma reclamação de dano acidental, que prevê o pagamento de uma taxa específica para esse tipo de serviço.

Nos Estados Unidos, esse tipo de rachadura era a única exceção envolvendo dano físico à tela cobertos pela Apple. Mas com a mudança, a marca começa a igualar as normas já aplicadas em outros países do mundo. No Brasil, essa prática já está em vigor e a empresa já nega a troca gratuita da tela, sob o mesmo argumento de que “danos acidentais não estão cobertos pela garantia Apple“.

Esse tipo de rachadura pode aparecer em uma infinidade de contextos, como problemas na construção do aparelho ou manuseio irregular do dispositivo — pressão sobre a tela, por exemplo. Provavelmente, por conta desse fator de aleatoriedade, a garantia da Apple cobria esse tipo de dano, oferecendo reparo gratuitamente.

Segundo o 9to5Mac, a mudança nas políticas de reparo se aplica exclusivamente ao iPhone e ao Apple Watch. Por isso, ainda estão disponíveis os reparos gratuitos para produtos como o iPad e Mac.

A Apple não comunicou nenhum motivo específico para esta mudança. De qualquer forma, usuários dos EUA dizem que a política sempre foi um tanto dispersa na sua implementação, já que algumas unidades concediam a troca sem custos, enquanto outras cobravam por isso.

FonteApple
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários