Leilão de 5G poderá ocorrer no segundo semestre de 2020

Presidente da Anatel negou que o leilão poderia levantar R$ 20 bilhões, conforme divulgado pela imprensa.

Em entrevista para o Bloomberg, Leonardo Euler de Morais, presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), confirmou que o leilão da frequência 5G não ocorrerá em março do ano que vem, como era planejado, mas que é provável que o edital seja publicado no segundo semestre de 2020.

O processo é analisado há mais de 120 dias pelo conselheiro Vicente Aquino. No último dia 3 de outubro, ele pediu mais 30 dias de prazo para concluir o seu voto. Apesar de concordar com o pedido, Leonardo se diz insatisfeito com o atraso, considerando-o como embaraçoso, pois o mesmo ainda depende de consulta pública.


Segundo o presidente da Anatel, o edital deve focar mais em obrigações do que taxas para operar as frequências.

“Pretendo na conformação desse edital impor mais obrigações de investimento do que obrigações de arrecadação,” disse Morais.

VIU ISSO?
–> Abert e Anatel divergem sobre dados da TV aberta por parabólica
–> TIM fará demonstração do 5G em Campina Grande
–> 5G pode ser essencial para descongestionar 4G

No entanto, ele frisa que o leilão também terá o objetivo de aumentar o caixa do governo e adaptar o que for necessário para que as antenas parabólicas de TV continuem funcionando.

Sobre a possibilidade de o leilão levantar R$ 20 bilhões, Morais diz que foi uma estimativa feita pelo relator, mas que não tem fundamentação técnica. A precificação ocorrerá apenas após a consulta pública, quando todos os termos do edital estiverem definidos.

As maiores operadoras de telefonia do país, Vivo, Claro, TIM e Oi tem interesse em participar do leilão. Elas cobram da Anatel um leilão separado, focado nos investimentos necessários para ampliar a rede 5G.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Número de Comentários
0 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
1 Autores de comentários
Roberto Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Roberto
Visitante
Roberto

De que adianta colocar o 5G e não liberar para operadoras montar suas antenas onde precisa.
Quantos lugares no Brasil só tem 1 operadora funcionando e não se pode montar mais operadoras.
É o caso de algumas cidades de Minas, só tem a vivo funcionando; E no Norte, Nordeste é a mesma coisa.

Aí é osso…

Cidade - UF
São Bernardo do Campo - SP