Idosa recebe 60 ligações da Claro e ganha indenização de R$ 10 mil

Operadora foi condenada pela justiça por realizar cobranças excessivas.

Ilustração
Imagem: Charisse Kenion (Unsplash)

Cliente da Claro há mais de 10 anos, uma idosa de 91 anos atrasou um boleto da operadora e passou a sofrer com cobranças abusivas por conta da inadimplência. A consumidora recebeu entre 30 e 60 ligações no intervalo de apenas três dias.

Por conta do excesso, a moradora de Guarulhos (São Paulo) entrou com uma ação contra a marca, que foi condenada a pagar R$ 10 mil por danos morais.


Roberto Mac Cracken, desembargador e relator da apelação, explicou que após conceder o crédito, a empresa tem todo o direito de cobrar quando há qualquer atraso no pagamento. Entretanto, isso deve ser feito com legalidade.

VIU ISSO?

–> Claro é condenada a pagar indenização de R$ 15 mil

–> Vivo é condenada a indenizar cliente por sucessivas faturas erradas

–> Claro é condenada a indenizar cliente em R$ 20 mil

E não foi dessa forma que a companhia agiu. As cobranças foram feitas de maneira insistente, desarrazoadas e resultam em um ato de constrangimento para a consumidora. Portanto, a reclamação foi legítima.

O agravante ainda maior da situação é a idade da cliente, acima dos 90 anos. Foram realizadas ligações até mesmo no sábado e domingo para uma pessoa que já se encontra em situação de vulnerabilidade por conta da faixa etária.

Pode haver cobrança para o cliente, desde que “não seja perturbada sua paz de espírito nem lhe sejam gerados constrangimentos”, comentou o desembargador.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

Com informações de Folha de São Paulo (Agora SP)

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários