Atraso do 5G pode fazer Brasil perder R$ 25 bilhões

Possível interferência da tecnologia da TV via satélite é a responsável pelo adiamento do leilão, anteriormente agendado para março de 2020.

Ilustração tubarão com dinheiro
Imagem: PxHere

Há muita ansiedade pelo 5G, especialmente pela revolução que a nova conexão móvel trará para cada país que aterrissar. A previsão é o surgimento de cidades digitais, internet das coisas potencializada e tecnologias revolucionárias como os carros autônomos.

No entanto, não é fácil movimentar negociações, vender espectros, lidar com a burocracia e resolver todos os problemas que dificultam a chegada da conectividade de quinta geração.


O Brasil, por exemplo, já encontra uma barreira que preocupa diversos players. O leilão agendado para março do próximo ano foi adiado para meados de 2020, com possibilidade de ser jogado para 2021.

VIU ISSO?
Leilão do 5G pode ser adiado para 2021
Ericsson é responsável por 45% do mercado 4G no Brasil
Ericsson testa solução que pode reduzir custo do 5G

A motivação para o adiamento é a interferência da tecnologia no sinal de TV via satélite. Milhares de domicílios saíram prejudicados com isso, já que ainda se chegou em solução rápida e objetiva.

Agora, a Ericsson trouxe uma perspectiva que pode preocupar os governantes da república. Para Tiago Machado, diretor de Relações Governamentais da marca, o argumento da interferência é uma “falácia”.

Ele explica que migração das parabólicas para a banda KU, estudada como solução, é irresponsável já que vai gerar um custo de R$ 3 a R$ 10 bilhões.

Um estudo da Ericsson, inclusive, aponta que o Brasil deixará de arrecadar R$ 25 bilhões em impostos. É um adiamento que trará efeitos econômicos. Menos terminais serão vendidos, a receita vai cair e o impacto na cadeia de valor incidirá na arrecadação.

Com informações do Tele.Síntese

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários