Netflix terá estratégia isolada com chegada da concorrência

Com anos de atuação, a empresa criou um novo hábito no consumidor e pode ser difícil superá-lo.

Site da Netflix
Imagem: Site da Netflix

O consumo de conteúdo audiovisual pode ser considerado um hábito? Sim. Para embasar essa questão, é importante lembrar como tudo funcionava há alguns anos. Espectadores eram acostumados a acompanhar um episódio por semana das suas novelas, programas ou séries favoritas.

É uma estratégia imbatível para manter shows em alta na repercussão por meses e testar a aceitação da audiência para cada episódio exibido. Os novos serviços de streaming voltarão a embarcar nesse modelo.


Afinal, parece um bom diferencial para segurar assinantes, não é mesmo? O cliente que adere ao serviço só durante a exibição de sua série favorita terá que permanecer na plataforma por meses. Nesse tempo, a marca terá a oportunidade de lançar novos produtos que segurem o consumidor.

Gigantes como Disney+ e Apple TV+ já anunciaram a adoção do modelo. Mas a segunda, por exemplo, terá um grande desafio para abastecer seu catálogo, já que é um player novo no mercado de entretenimento.

Entretanto, muitos já estão familiarizados com o modelo da Netflix, que é diferente. As produções da companhia são disponibilizadas em temporadas completas para o espectador fazer as tão adoradas “maratonas”.

Se continuar dessa forma, a gigante do streaming terá uma estratégia isolada diante da concorrência. Isso pode ser visto como uma vantagem?

VIU ISSO?
Streaming Apple TV+ chegará ao Brasil por R$ 9,90 mensais
Começam as inscrições para o streaming Disney+
Disney+ deve ter lançamento antecipado no Brasil

É muito provável que sim, já que diversos espectadores estão habituados com esse formato. Mesmo que se tornem assinantes da concorrência, a Netflix sempre estará presente com uma temporada completa para aqueles que gostam de dedicar um fim de semana na maratona de suas séries favoritas.

A grande questão é o controle de qualidade. No primeiro semestre, a marca atraiu menos assinantes do que o esperado. Os executivos creditam isso ao baixo poder de atração dos lançamentos.

O fato é que os fãs de entretenimento também gostam da “maratona” e poderão ser fiéis ao serviço da Netflix justamente por isso, já que nas outras estarão reféns de produções antigas se quiserem embarcar nesse modelo.

A concorrência é sim uma grande ameaça para a empresa, mas a marca é consolidada e criou um novo hábito nos fãs mundialmente. Pode ser uma vantagem para a concorrência, que busca um diferencial, ou um grande fantasma que nunca deixará a Netflix em baixa.

O que se faz necessário, a partir de agora, é um maior controle de qualidade para as produções.

Mas será que a empresa enxerga isso? Algumas séries da plataforma sempre tiveram a liberação semanal de episódios, mas são apenas aquelas em que a Netflix possui o acordo de coprodução e divide a transmissão com emissoras dos Estados Unidos.

Nas produções originais, pode ser interessante seguir com a mesma estratégia de sempre e não deixar que a concorrência molde uma nova estrutura para o mercado.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários