Oi apresenta conectividade 5G na Game XP

Mesmo sem confirmar presença nos leilões do 5G agendados para 2020, a operadora já investe na divulgação da tecnologia dentro da Game XP.

O 5G não poderia ficar de fora da participação da Oi na Game XP, um dos maiores eventos de jogos da América Latina e primeiro Game Park do mundo. Dentro do estande da operadora na Inova Arena, os visitantes poderão conferir duas demonstrações da tecnologia ainda inédita no Brasil.

Na primeira experiência, feita em dupla, duas pessoas terão a oportunidade de realizar uma chamada via Wi-Fi com rede 5G e conversar, em tempo real, com a visualização de suas imagens em holografias.


Dentro do espaço, a captação de imagem é feita por duas câmeras e a conversa poderá ser realizada com óculos especiais. As outras demonstrações da Oi com a conectividade de quinta geração ocorreram em Búzios e no evento Rio2C.

Na outra parte do estande, há ainda um teste com a rede. Um smartphone posicionado e com a tela reproduzida em uma TV carrega um velocímetro para que todos conheçam a capacidade e velocidade da rede 5G.

VIU ISSO?
– Oi monta estrutura futurística para a Game XP
– Oi expande banda larga por fibra óptica para o interior gaúcho
– Clientes da Oi ganham 20% de desconto no ingresso da Game XP

Ao realizarmos o teste, o medidor registrou 963 Mbps na taxa de download e 107 Mbps para upload. Números que de fato impressionam e mostram a capacidade do 5G em registrar velocidades até dez vezes maiores do que o 4G.

Mauro Fukuda, diretor de tecnologia e plataformas da Oi, esteve à frente do experimento e destacou, inclusive, a transformação que o 5G deve carregar com a sua chegada. A viabilização de veículos autônomos, cidades inteligentes e outras novidades.

Para ele, é um universo novo que se abre em termos de tecnologia, serviços e negócios.

No plano estratégico da Oi, a estrutura de fibra ótica foi mencionada como um meio para viabilizar a tecnologia 5G. Questionado sobre o assunto, Mauro comentou:

“Nós vamos ter a utilização de small cells, células que vão trabalhar com altíssima frequência. Nela, vamos ter que colocar várias rádio bases de estrutura reduzida com boa capacidade. Essas estações precisam ser ligadas com fibra, por isso precisamos dela em vários pontos.”, confirmou.

Outra consideração importante foi a afirmação de que o 5G já nasce no contexto das redes virtualizadas e a Oi já prepara uma expansão de sua estrutura para receber a conectividade de quinta geração.

Imagem: Divulgação Oi

A previsão para disponibilização da tecnologia é 2021, mas há possibilidades de um começo já no ano que vem. Sobre o teste da Oi, Mauro pondera:

“A Oi é a primeira operadora a fazer um piloto do 5G no Brasil. Dessa forma, vamos obtendo o conhecimento de tudo aquilo que é necessário para receber a nova conexão. Isso aqui é o resultado de muito trabalho. É um aprendizado.”, comentou.

Sobre o leilão agendado para março de 2020, a Oi ainda não faz confirmações e nem comenta a respeito de uma possível participação. Entretanto, tudo indica que a operadora está empenhada em fazer parte da chegada do 5G no Brasil.

*O repórter foi ao evento a convite da operadora

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

2
Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
APierre
Visitante
APierre

Essa Oi e Tim não tem jeito mesmo. Mal tem 4g que funcione e ficam ludibriando seus clientes que esses marketings.

Rogerio Pires
Colaborador
Rogerio Pires

Testes em ambiente controlado são sempre uma vitrine maravilhosa… agora vamos ver quando for para o mercado prático… a conferir!