Resultado dos testes de 3,5 GHz serão revelados em 2019

O resultado dos testes de campo, de suma importância para os rumos da implementação do 5G no Brasil, devem ser revelados pela Anatel em abril 2019.


Um dos principais receios das operadoras em relação a implementação do 5G no Brasil é a possível interferência com as TVROs (TV parabólica em banda C satelital), já que elas trabalham no espectro entre 3625 MHz até 4200 MHz, próximo ao que será delimitado para o 5G – 3400 MHz aos 3600 MHz.

Essa perspectiva aliada com outros fatores tem contribuído para que as operadoras adotem uma postura cautelosa em relação ao leilão para o 5G. Claro e Vivo, por exemplo, querem que esse procedimento aconteça somente em 2021. 


A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) já declarou que o leilão irá acontecer entre o fim de 2019 e o início de 2020. O presidente da agência reguladora, Leonardo de Morais, declarou que é legítima a preocupação com possíveis interferências com sistemas TVRO, mas que isso não pode contradizer ou ser excludente com o objetivo do Brasil estar na vanguarda do processo do 5G.

Em relação ao testes, os de laboratório já foram concluídos, os de campo serão iniciados em fevereiro. A previsão é que estejam concluídos em abril de 2019. Evidentemente que esse prazo pode ser estendido, dependendo de imprevistos que podem ocorrer. 


VIU ISSO?




Segundo  Humberto Bruno Pontes Silva, assessor técnico da Anatel, em declaração ao site Teletime, já foi concluída  a fase de caracterização de elementos, mas ainda é necessária a padronização e metodologia para os testes de campo. Entre este final de ano e janeiro de 2019, haverá recesso dos servidores da agência, então os testes de campo deverão começar para valer em fevereiro. “A gente está usando o período para estressar ao máximo os testes de campo”, afirma. “A gente se antecipou à consulta e elaborou os cadernos técnicos, enviamos equipamentos e fizemos toda a parte de logística”, conclui o assessor.

About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*