Revelados mais detalhes sobre a ‘empresa de fibra’ da Vivo

Rede neutra da operadora deve se tornar uma concorrente de peso para a InfraCo, da Oi, no mercado de infraestrutura.

Imagem: Reprodução YouTube (Comercial da Vivo)

O mercado de infraestrutura de rede, ainda pouco explorado, deve ficar competitivo nos próximos anos. A Vivo (VIVT3 / VIVT4), por exemplo, caminha para a criação da sua própria “empresa de fibra”, falta apenas um parceiro comercial.

Mas, a decisão não deve demorar. De acordo com Christian Gebara, diretor-presidente da Telefônica Brasil, uma parceria será fechada até o fim do primeiro trimestre de 2021.


No atual momento, os interessados no negócio já estão reunidos e acessam informações da empresa, por meio de um data room. Depois dessa data, poderão formalizar propostas.

Até o início do próximo ano, as informações estarão mais claras. Segundo Gebara, já será possível ter conhecimento sobre como será a criação da rede neutra, assim como o parceiro comercial escolhido.

VIU ISSO?

–> Vivo tem queda nas receitas, mas fibra e pós-pago ficam em alta

–> Nova parceria da Vivo oferece serviços de saúde para assinantes

–> Novo plano do Vivo Selfie virá com assinatura do Telecine

Serão três sócios para constituir a empresa de infraestrutura: Vivo, Telefônica e um novo parceiro. O desejo é que seja uma empresa da área financeira, mas ter uma corporação com caráter mais operativo também pode ser interessante, na visão da operadora.

Os rumos serão ditados pelas condições da oferta e os objetivos, definidos em conjunto.

Fusões e aquisições também não estão descartadas, a ideia é expandir a rede. A Telefônica quer alcançar 24 milhões de domicílios com a rede FTTH até 2024.

No mercado, a forte da concorrência da nova investida da Vivo provavelmente será a InfraCo, que concentrará toda a infraestrutura de rede da Oi e será controlada por outra corporação.

Com informações de Valor Investe

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários